1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
InícioSociedadeNatal chega em força ao Alegro Montijo para animar a pequenada

Natal chega em força ao Alegro Montijo para animar a pequenada

Até 24 de Dezembro, as crianças podem criar um conto natalício, tirar fotos e fazer videochamadas para o Pai Natal

 

- PUB -

A magia do Natal já anda à solta no Alegro Montijo. Até 24 de Dezembro, a pequenada vai poder criar, em banda desenhada, o seu conto natalício, tirar fotos com duendes e o Pai Natal que, aos fins-de-semana e feriados, estará disponível na superfície comercial.

E a partir do próximo dia 1 o “barrigudo” de barbas brancas até aceitará videochamadas. “O Pai Natal está de volta aos centros comerciais Alegro (Alfragide, Montijo, Setúbal e Sintra) e traz com ele cenários ilustrados para todos criarem o seu próprio conto de Natal,
em versão banda desenhada. A sós, em família ou entre amigos, cada um será protagonista da sua banda desenhada natalícia, que pode ser levada para casa”, explica a marca Alegro sobre a acção que é gratuita.

Mas há mais. O regresso do “velhote da Lapónia” à Ilha de Natal nestas superfícies
comerciais está garantido, para ouvir os pedidos da criançada. “A visita ao Pai Natal nos centros decorre, por ordem de chegada, durante os fins-de-semana e feriados, desde
o passado dia 13 e até 24 de Dezembro”, lembra o Alegro.

- PUB -

A partir do próximo dia 1, e também até 24 deste mês, será ainda possível “agendar uma videochamada com o Pai Natal directamente para o sofá lá de casa”. Para o efeito, “basta entrar em www.alegro.pt, fazer a marcação ‘on-line’ para a Cabine Mágica do Alegro e aguardar a videochamada”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -