29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalPágina oficial do município de Setúbal vai ser adaptada às pessoas com...

Página oficial do município de Setúbal vai ser adaptada às pessoas com deficiência ou incapacidade

Vereadora do PSD diz ser actualmente “muito difícil” percorrer o site da autarquia com um leitor de texto, utilizado por invisuais

 

- PUB -

Os serviços digitais da Câmara Municipal de Setúbal actualmente disponibilizados, entre os quais a página oficial do município sadino, vão ser adaptados às normas de acessibilidade e usabilidade em vigor, facilitando o acesso autónomo por parte de pessoas com deficiência ou incapacidade.

A melhoria vai ser concretizada, depois de o PSD ter apresentado uma proposta na reunião pública da passada quarta-feira, aprovada por unanimidade, que diz que a informação disponibilizada nos meios digitais da edilidade deve ser “legível e percebida por todos e prever tolerância de erro”.

Também a “navegação e o acesso a todas as funcionalidades devem ser garantidas, independentemente do perfil do utilizador e dos dispositivos de navegação utilizados”, assim como “deve ser garantida a interoperabilidade entre sistema e compatibilidade tecnológica”.

- PUB -

A título de exemplo, a vereadora social-democrata Sónia Martins explicou ter percorrido o site da Câmara com um leitor de texto, utilizado por invisuais, algo que foi “muito difícil” de concretizar.

O documento tem por base a aplicação do Decreto-Lei n.º 83/2018, “o qual define os requisitos de acessibilidade dos sítios web e das aplicações móveis de organismos públicos, medida que visa tornar mais acessíveis os sites da Internet e aplicações móveis do sector público”.

Com esta deliberação, explicou a autarca do PSD, pretende-se que “a Câmara Municipal dê o exemplo e que permita que o site, que tem informação importante para todos os munícipes, seja de facto para todos”.

- PUB -

Além disso, existe também o objectivo de “obter uma classificação de dez pontos” no relatório de práticas de acessibilidade web, seguindo as normas de padronização do ‘W3C – Consórcio World Wide Web’.

Desta forma, e depois de concretizadas as melhorias necessárias, foi também aprovada a proposta de candidatura da autarquia ao Selo de Acessibilidade e Usabilidade, promovido pela Agência para a Modernização Administrativa e pelo Instituto Nacional de Reabilitação, “na categoria Prata, em 2023, e na categoria Ouro, em 2024”.

Isto tendo em conta que a referida certificação pretende promover a “melhoria contínua das práticas de usabilidade e acessibilidade em sítios web e aplicações de entidades da administração pública”, com a atribuição do selo Bronze, Prata ou Ouro.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -