16 Abril 2024, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalDerrocada de prédio no Bairro Salgado atinge quatro viaturas

Derrocada de prédio no Bairro Salgado atinge quatro viaturas

Alerta foi dado pelas 18h41. No local esteve uma viatura da companhia de sapadores e cinco bombeiros

 

- PUB -

A derrocada de um prédio devoluto na Rua Latino Coelho, no Bairro Salgado, perto da Praça do Quebedo, ao final da tarde deste domingo, danificou por completo uma viatura e atingiu outras quatro, mas não provocou qualquer ferido.

A informação foi divulgada na página do Facebook da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal que dá conta de um prédio abandonado que ruiu e que acabou por deixar intransitável toda aquela rua perto da baixa setubalense. Ao que O SETUBALENSE conseguiu apurar, através de fonte dos bombeiros, o alerta foi recebido pelas 18h41 de domingo e no local esteve uma viatura da companhia de sapadores, cinco bombeiros e efectivos da Protecção Civil de Setúbal e da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Durante o dia de ontem, e segundo a mesma fonte, a protecção civil esteve mais uma vez no local – acompanhada por elementos da Câmara Municipal de Setúbal – para demolir o restante edifício, visto que só parte deste caiu. Segundo informações publicadas no Diário de Notícias “o desabamento ocorreu no primeiro andar do edifício com dois pisos, rés do chão e primeiro andar, onde no passado funcionava uma tipografia, entretanto encerrada”.

- PUB -

Enquanto se procediam aos trabalhos de remoção dos destroços, que acabaram por ocupar toda a faixa de rodagem daquela rua, o trânsito esteve totalmente cortado.

- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Desaparecido no mar esteve no sábado à pesca de choco no Sado

Ricardo Neves esteve no dia anterior à tragédia em embarcação turística. Mestre de embarcação critica quem se aventura na zona do naufrágio

Lisnave distribui mais de três milhões de euros pelos trabalhadores

Prémio é justificado com resultado obtido no ano passado, descrito o "melhor desempenho de sempre"
- PUB -