17 Abril 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Palmela Pinhal Novo assinala 93 anos de freguesia com orgulho no passado e...

Pinhal Novo assinala 93 anos de freguesia com orgulho no passado e esperança

Manuel Lagarto e Álvaro Amaro assinalaram a data com discursos nos canais digitais e realçaram conquistas com a população

 

- PUB -

Pinhal Novo celebrou, no passado domingo, 93 anos de história. O aniversário da criação da freguesia foi assinalado, de forma condicionada (subentenda-se, via online), face à conjuntura pandémica que se atravessa, com os presidentes da Junta e da Câmara Municipal a realçarem as conquistas alcançadas em conjunto com a população.

“Pinhal Novo, enquanto comunidade e enquanto freguesia, tem uma história alicerçada em hábitos culturais bem enraizados e num legado de realizações que pode ser constatado todos os dias, para as quais nos orgulhamos de ter contribuído, de forma humilde e modesta, mas com genuíno empenho”, apontou Manuel Lagarto, presidente da junta, em discurso partilhado nos canais digitais da autarquia.

O autarca não deixou de se debruçar sobre o futiro, que “não se faz só de grandes acontecimentos e de grandes obras”. Faz-se também, adiantou, “de pequenas coisas”, daquelas que “fazem sentir” que dia-a-dia a comunidade está “melhor do que ontem, com mais qualidade de vida”.

- PUB -

“Consideramos que, mais importante do que quem executou a pequena ou grande obra ou de quem promoveu, no terreno, determinada acção, o que importa é fazer o que falta sabendo que dessa forma quem ganha são os munícipes da freguesia”, fez notar, ao mesmo tempo que indicou várias iniciativas, que têm vindo a ser dinamizadas pela junta.

Manuel Lagarto admitiu que não espera facilidades neste 2021. Mas acredita que as dificuldades serão ultrapassadas com espírito de união. “Será, certamente, um ano difícil e serão com certeza muitos os problemas com que nos depararemos, mas anima-nos a esperança de que, com esforço e empenho de todos, nomeadamente dos trabalhadores da Junta de Freguesia a quem nos compete reconhecer e agradecer publicamente a sua determinação e envolvimento, havemos de sair desta situação de crise e passar a viver sem tantas incertezas e dificuldades”, vincou. Para adiantar de seguida: “Queremos que Pinhal Novo continue a ser um espaço onde todos podem intervir, juntos num esforço colectivo, sentindo como seu o dever de participar e de melhorar a nossa comunidade.”
“Comemorar este aniversário, ainda que de forma diferente, é, acima de tudo, um acto de solidariedade e de manifestação da convicção de que, unidos, temos a capacidade de ultrapassar as dificuldades”, rematou.

Álvaro Amaro realça conquistas

- PUB -

Já Álvaro Balseiro Amaro, presidente da Câmara Municipal, destacou as “gentes provenientes de muitos destinos” que contribuíram para o desenvolvimento de Pinhal Novo, o que evidencia também a característica de saber “acolher bem” própria da comunidade.
O edil realçou “o enorme património” do trabalho conseguido após a instauração do poder local democrático, numa alusão à importância do 25 de Abril de 1974 que considerou justa de ser lembrada nesta data.

Depois, salientou algumas das conquistas alcançadas nos últimos tempos pelo município, em conjunto com a população, para a freguesia. “Conseguimos que o Governo se predispusesse a fazer parte do compromisso para a resolução de algumas questões antigas”, sublinhou. E apontou os exemplos da intervenção na Ribeira da Salgueirinha e da Unidade de Saúde Familiar de Pinhal Novo Sul.

Todavia, há outros objectivos na calha que dependem do Governo, como “uma nova variante à Estrada Nacional 252”, assinalou.

E, além de recordar o “investimento [municipal] de largos milhões que valorizaram o território”, realçando a obra feita no sector da educação, deixou uma promessa: “Não deixaremos de apoiar e reforçar os apoios às nossas instituições”.

A data foi abrilhantada com apontamentos musicais, via online, a cargo da Orquestra Nova de Guitarras.

 

- PUB -

Mais populares

Mercadona confirma supermercado no Montijo igual ao de Setúbal

Marca vai investir milhões de euros nos dois concelhos. Futuras superfícies comerciais vão ter 1 900 metros quadrados de área de venda   A expansão da...

“Vitória já garantiu uma subida de divisão contra todos os arautos da desgraça”

Depois de assegurar a Liga 3, Vitória aponta ao 1.º lugar no ‘play-off’ para subir à II Liga

Mulher degolou idoso em bairro de lata no Seixal e queixou-se de violação

Sem-abrigo está a ser julgada pelo homícidio do homem de 68 anos, depois deste ter sido encontrado morto em Santa Marta do Pinhal   Tânia Rodrigues,...
- PUB -