15 Abril 2024, Segunda-feira
- PUB -
InícioSociedadeProtecção Civil registou 42 ocorrências na Península de Setúbal durante a noite

Protecção Civil registou 42 ocorrências na Península de Setúbal durante a noite

Entre as 20h00 e as 7h00 foram identificadas 394 ocorrências relacionadas com o mau tempo, em todo o País

 

- PUB -

A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil registou entre as 20h00 e as 07h00 de hoje 394 ocorrências relacionadas com o mau tempo, a maioria na Grande Lisboa e Península de Setúbal, que não causaram vítimas.

Em declarações à agência Lusa, Paulo Santos, da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC), adiantou que naquele período foram registadas em todo o país 394 ocorrências, das quais 142 no concelho de Lisboa e 42 na Península de Setúbal.

“No total nacional, entre as 20h00 e as 07h00, foram registadas 394 ocorrências com destaque para a área da grande Lisboa e Península de Setúbal, que registaram o número mais elevado de ocorrências, nomeadamente a cidade de Lisboa que, segundo o Regimento Sapadores de Bombeiros, com 142 ocorrências unicamente no concelho de Lisboa”, disse.

- PUB -

De acordo com Paulo Santos, as ocorrências estão relacionadas sobretudo com quedas de árvores, queda de estruturas, limpeza de vias e inundações.

“Em nenhuma destas ocorrências temos conhecimento do registo de feridos ou qualquer via cortada. É natural que durante as operações de limpeza sejam algumas vias sejam interrompidas temporariamente”, referiu.

Às 06h30, mais de 40 ocorrências estavam registadas na página da ANEPC na internet, a maioria na Grande Lisboa e Península de Setúbal devido a quedas de árvores, estruturas e inundações.

- PUB -

Oito distritos de Portugal continental estão hoje sob laranja por causa do vento e da chuva forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Lisboa, Coimbra e Leiria estão sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte e Vila Real devido à chuva.

Porto, Braga, Viana do Castelo e Aveiro estão sob aviso laranja por causa do vento e da chuva forte.

De acordo com o IPMA, os restantes distritos estão sob aviso amarelo devido à previsão de chuva por vezes forte.

Toda a costa portuguesa está igualmente hoje sob aviso laranja devido à agitação marítima.

O estado do tempo no continente vai estar condicionado por “sucessivos sistemas frontais associados a depressões que se deslocam no Atlântico Norte em direcção à Europa”, na terça-feira por influência da depressão Babet.

Hoje, “a passagem de uma superfície frontal fria associada à depressão Babet (nomeada pelo Serviço Meteorológico do Reino Unido) dará origem a precipitação, por vezes forte e persistente e vento do quadrante sul, com rajadas fortes no litoral e nas terras altas”.

“Espera-se um novo episódio de agravamento das condições meteorológicas, no dia 19 [quinta-feira], com precipitação, por vezes forte e persistente e vento do quadrante sul, com rajadas fortes no litoral e nas terras altas, para o qual se emitirão novos avisos meteorológicos”, acrescenta o IPMA.

- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Desaparecido no mar esteve no sábado à pesca de choco no Sado

Ricardo Neves esteve no dia anterior à tragédia em embarcação turística. Mestre de embarcação critica quem se aventura na zona do naufrágio

Lisnave distribui mais de três milhões de euros pelos trabalhadores

Prémio é justificado com resultado obtido no ano passado, descrito o "melhor desempenho de sempre"
- PUB -