20 Agosto 2022, Sábado
- PUB -
InícioRegionalREGIÃO Poeiras do Norte de África chegam hoje e vão incomodar-nos até...

REGIÃO Poeiras do Norte de África chegam hoje e vão incomodar-nos até sábado

Concentração de poeiras começa a entrar em Portugal esta quinta-feira e vai subir para Norte. Região Sul do país será a mais afectada. Autoridades pedem cuidado com crianças, idosos e pessoas de saúde mais vulnerável

Uma concentração de poeiras vindas do Norte de África entrará durante o dia desta quinta-feira (12) em Portugal continental, segundo o Instituto do Mar e da Atmosfera, o que pode implicar medidas de protecção reforçadas para as populações mais vulneráveis. O fenómeno deve afectar sobretudo a região Sul do país.

- PUB -

Segundo Patricia Gomes, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), de acordo com a informação disponível no final da manhã, estas poeiras vindas do Norte de África “entram na circulação de um anticiclone que está centrado na região de Cádis” e deverão subir por Portugal continental, podendo chegar até à Madeira.

Contudo, sublinhou a meteorologista, a camada de poeiras é pouco espessa e, mesmo podendo alastrar para Norte, a maior concentração será sempre na região Sul.

A especialista do IPMA disse ainda que estas poeiras deverão manter-se em Portugal continental até meio do dia de sábado.

- PUB -

Numa nota disponível no site da Direção-Geral da Saúde (DGS) a propósito da poluição atmosférica, as autoridades já tinham alertado para “uma persistência das condições meteorológicas desfavoráveis à dispersão dos poluentes, nos próximos dias, com efeitos adversos na qualidade do ar, e a ocorrência de eventos naturais de partículas nas regiões do Alentejo e Algarve”.

Na mesma informação, recordam que nos últimos dias foram excedidos o limiar de informação ao público do ozono e os valores-limite de dióxido de azoto e partículas em suspensão nalgumas zonas do território do continente.

Atribuindo a situação às condições meteorológicas e à influência dos incêndios florestais, as autoridades lembram que esta libertação de poluentes para a atmosfera tem efeitos na saúde humana, sobretudo nas populações mais vulneráveis: crianças, idosos, grávidas, pessoas com problemas respiratórios crónicos e doentes do foro cardiovascular.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Mulher morre em colisão entre dois veículos em Grândola

Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 261, no cruzamento do Carvalhal, provocou, esta tarde, um morto e dois feridos graves.

Ana Catarina Gonçalves: A grandolense que arriscou e conseguiu montar um ‘império’ na vertente das explicações

Com apenas 21 anos, começou a acompanhar algumas crianças por brincadeira. Hoje, passados cinco anos, emprega três dezenas de professores

Acidente de viação no Montijo provoca três mortos

Colisão frontal provocou a morte de dois homens, de 26 e 32 anos, e de uma mulher, de 24 anos
- PUB -