28 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaProjecto de recolha de biorresíduos arranca nas zonas de Chão Duro e...

Projecto de recolha de biorresíduos arranca nas zonas de Chão Duro e da Broega

Recolha porta-a-porta prossegue em Alhos Vedros, Gaio-Rosário e Sarilhos Pequenos

 

- PUB -

A recolha de biorresíduos porta-a-porta pela Câmara da Moita, iniciou-se esta semana nas zonas de Chão Duro e da Broega, naquela freguesia, e irá de hoje em diante abranger duas centenas de habitações unifamiliares de munícipes do concelho, que decidiram aderir a este novo projecto municipal. Na segunda-feira, a população começou por colaborar, separando e depositando de forma correcta os resíduos nos contentores distribuídos por aquela autarquia.

O município adianta que, nesta primeira fase e além daquelas áreas, o projecto vai ainda abarcar as freguesias de Sarilhos Pequenos e do Gaio-Rosário, assim como as zonas das Arroteias, Bairro Francisco Pires e Rego d’Água, em Alhos Vedros, além da área do Cabeço Verde, nos limites com o concelho do Barreiro. Para isso, os moradores vão ser contactados por técnicos da empresa SUMA, devidamente identificados, para assegurar a entrega dos referidos contentores e esclarecer eventuais dúvidas relativamente ao novo processo de recolha.

Projecto engloba 200 habitações unifamiliares de munícipes do concelho

A autarquia moitense lembra que a recolha de restos de comida e resíduos de jardim efectuada pela edilidade, acontecerá duas vezes por semana, durante as datas que serão oportunamente comunicadas à população aderente. Recorde-se que o projecto resulta de uma candidatura do município ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), sendo cofinanciado pelo Fundo de Coesão, no âmbito do Programa Portugal 2020.

- PUB -

O cumprimento das metas europeias e nacionais de recolha selectiva de resíduos ou a valorização dos mesmos enquanto recurso ou “produto”, bem como a redução de gases com efeito de estufa, a promoção da economia circular e o envolvimento dos cidadãos na adopção de práticas mais sustentáveis e amigas do ambiente, são alguns dos principais objectivos deste projecto, iniciado durante o último trimestre do ano passado.

Participação é “fundamental”

A participação da população neste projecto é encarada pela edilidade como “fundamental” para o seu sucesso. A autarquia lembra que a recolha deste tipo de resíduos “é um modelo cómodo e sustentável que contribui para a melhoria do ambiente”, na medida em que, ao separarem os biorresíduos, além de reduzirem as suas deslocações ao habitual contentor, os munícipes estarão também a reduzir a quantidade de recursos desperdiçados que acabam por ir parar ao aterro.

- PUB -

Deste modo, assinala, os cidadãos estarão também a contribuir para dar uma nova vida aos resíduos, através da sua transformação em composto orgânico para futura utilização na agricultura, numa produção assegurada pela empresa Amarsul, responsável pelo tratamento e valorização dos resíduos urbanos dos municípios da península de Setúbal.

A câmara esclarece que a população deve colocar o contentor que lhe foi distribuído, frente à sua habitação, nos dias da semana que lhes forem comunicados, a partir das 19h00. Na manhã seguinte, a equipa passará por cada habitação para a recolha, colocando os contentores no mesmo local. A cada morador caberá a tarefa de recolher o mesmo, que ficará vazio e pronto a usar novamente, sendo a sua lavagem e conservação de sua inteira responsabilidade.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -