8 Dezembro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalAlsa Todi prestes a reforçar serviço com 74 novos motoristas

Alsa Todi prestes a reforçar serviço com 74 novos motoristas

Esmagadora maioria é de Cabo Verde. Autoridades já emitiram vistos. TML espera oferta de serviço a 100% a partir da próxima semana

 

- PUB -

A Alsa Todi está a preparar-se para assegurar 100% da oferta de transporte público rodoviário em Setúbal, Palmela, Moita, Montijo e Alcochete já a partir da próxima semana. A operadora tem garantida a entrada de 74 novos motoristas ao serviço, a maior parte contratada em Cabo Verde.

“Entre os que já estão em formação e [os] que vão entrar, a Alsa Todi tem um reforço de 74 novos motoristas, que se juntam aos mais de 300 da sua equipa”, disse fonte da empresa a O SETUBALENSE.

Rui Lopo, administrador da Transporte Metropolitanos de Lisboa (TML), avançara na última quarta-feira, em audição na Assembleia Municipal do Montijo, que nesse mesmo dia “50 motoristas” contratados no exterior do País já tinham recebido a documentação necessária para poderem começar a desempenhar funções.

- PUB -

A informação é agora confirmada pela mesma fonte da operadora, sem, no entanto, revelar se o número corresponde ao divulgado por Rui Lopo.

“A Alsa Todi reconhece o empenho das autoridades na emissão de vistos em relação aos novos motoristas oriundos de Cabo Verde, que surgem aproveitando a possibilidade dada pelo diploma relativo ao uso em Portugal das cartas de condução por parte dos detentores de títulos emitidos pelos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”, explicou.

Ainda de acordo com esta mesma fonte da Alsa Todi, estes motoristas “são essenciais para a operação”, sendo que a média da sua formação “tem uma duração de duas semanas”.

- PUB -

A falta de mão-de-obra especializada em Portugal é o motivo alegado para o recurso da operadora à contratação no exterior do País.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas

Primeira loja Lidl num campus universitário já abriu em Almada

Rede de supermercados alemã investe 10 milhões de euros no novo edifício situado no Monte da Caparica
- PUB -