19 Janeiro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalCDU aprova compromisso autárquico para a região com meta de reforçar votação...

CDU aprova compromisso autárquico para a região com meta de reforçar votação e mandatos

Luta pela criação da NUT para a Península de Setúbal e defesa da gestão pública da água, da Simarsul e da Amarsul entre as três dezenas de compromissos

- PUB -

 

Os comunistas da Península de Setúbal aprovaram neste sábado o compromisso eleitoral regional para o próximo mandato autárquico, num encontro promovido pela Direcção da Organização Regional de Setúbal (DORS) do PCP que juntou 300 militantes – segundo a organização – no Fórum Luísa Todi, em Setúbal.

O compromisso, aprovado por unanimidade, fixa cerca de três dezenas de tópicos que os candidatos da CDU prometem ter como guias no próximo mandato, se forem eleitos, e o objectivo da coligação, para estas autárquicas ficou também claro, depois de repetido por diversos responsáveis.

- PUB -

“O reforço da votação na CDU, com mais votos e mandatos”, apontou, por exemplo, Jorge Feliciano, do executivo da DORS, que abriu os trabalhos.

A reposição da NUT III Península de Setúbal é uma das principais causas assumidas pelo compromisso e referidas pela maioria das intervenções, tanto por parte dos autarcas como dos dirigentes partidários do PCP e PEV.

Entre os “eixos centrais” do documento aprovado constam também o “desenvolvimento de uma visão regional”, através da Associação dos Municípios da Região de Setúbal (AMRS), a defesa de investimento público na região, para reforçar a indústria e a economia, assim como da gestão pública tanto do abastecimento de água como da Simarsul e da Amarsul.

- PUB -

Os comunistas comprometem-se ainda com a reposição das freguesias, a promoção da cultura, educação, desporto e políticas de juventude, “aumento significativo” dos transportes públicos, expansão do Metro do Sul Tejo, construção da Terceira Travessia do Tejo e do novo aeroporto de Lisboa, em Alcochete. A construção do novo Hospital do Seixal, de um novo para o Montijo e Alcochete e a ampliação do Hospital de Setúbal também constam no documento, que refere ainda a “valorização” dos serviços públicos e dos trabalhadores.

Desfile de autarcas e candidatos

A tarde foi um verdadeiro desfile de figuras da região no palco do Fórum Municipal. Entre autarcas e candidatos da CDU, estiveram presentes André Martins, Dores Meira, Rui Garcia, Joaquim Santos, Álvaro Amaro, Francisco de Jesus ou Alfredo Monteiro, sendo que a maioria destes teve oportunidade de falar aos presentes.

Rui Garcia, autarca e candidato à Câmara da Moita, e presidente da AMRS, assinalou a “enorme diferença” entre o trabalho das autarquias e as políticas do governo para a Peninsula de Setúbal.

“É preciso que se alterem profundamente as políticas nacionais dirigidas à região”, disse Rui Garcia, que acusou os “últimos dois governos” de terem reduzido o investimento nesta zona a “níveis mínimos”. Segundo o autarca, o compromisso público agora assumido pela CDU é uma “visão global, integrada” e “capaz de projectar” o futuro da região.

Já André Martins, presidente da Assembleia Municipal de Setúbal e candidato a presidente da Câmara sadina referiu que “50% do território” do concelho é abrangido por áreas protegidas para assumir como “prioridade fundamental” a defesa dos valores naturais. André Martins evocou o trabalho dos municípios de Setúbal, Palmela e Sesimbra, em conjunto com a AMRS, para a integração da Arrábida na Reserva Natural da Biosfera, da Unesco.

“Temos estratégia e visão de futuro para a cidade e na sua ligação à região”, concluiu.

Álvaro Amaro, recandidato à Câmara de Palmela e presidente da Associação Intermunicipal da Água (AIA) defendeu a importância da gestão pública e do investimento no abastecimento de água, Maria das Dores Meira, presidente da Câmara de Setúbal e candidata a Almada emocionou-se ao recordar o trabalho da equipa que lidera no concelho sadino e Luís Franco, que é candidato a recuperar o município de Alcochete para os comunistas, afirmou que o actual executivo PS apenas tem feito a obra que a CDU deixou projectada e financiada.

O encerramento do encontro esteve a cargo de Jorge Cordeiro, do Comité Central do PCP, que deixou uma alfinetada ao que considerou as “falsamente designadas listas de independentes”.

Segundo este dirigente, que referiu o caso de Palmela, sem mencionar o nome de Carlos de Sousa, onde concorre o ex-autarca Carlos de Sousa, “a proliferação de listas independentes” é um “refúgio de processos pouco transparentes e ambições pessoais”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Vereador diz que cães vadios fogem com crânios na boca e acusa PS de tratar mal os vivos e pior os mortos

João Afonso volta a criticar serviço nos cemitérios. Autarca do PSD denuncia ossadas lavadas em tanques da roupa e colocadas em caixas de fruta a secar. Nuno Canta diz que é fantasia

Rua José de Groot Pombo encerrada até Abril devido a “exigente e profunda” obra

Intervenção dedicada à reabilitação integral da via, incluindo a construção de passeios mais acessíveis   A Rua José de Groot Pombo, em Setúbal, vai permanecer encerrada...

Mais de 70 lotes de terreno no Bairro Grito do Povo alienados a proprietários de habitações

Os lotes vão ser vendidos a moradores e descendentes directos, que pretendam melhorar as condições de habitabilidade
- PUB -