14 Maio 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Sesimbra Câmara diz que é urgente abrir centro de vacinação em Sesimbra e...

Câmara diz que é urgente abrir centro de vacinação em Sesimbra e confronta ACES Arrábida

Os munícipes das freguesias de Castelo e Santiago têm de percorrer cerca de 20 quilómetros para serem vacinados. São idosos, pertencem a grupos de risco e não conseguem garantir transporte em segurança, afirma a autarquia

 

- PUB -

A Câmara Municipal de Sesimbra voltou hoje a criticar o ACES Arrábida por o centro de vacinação contra a covid-19, que está preparado na vila sesimbrense para funcionar desde o passado dia 2, ainda não ter sido aberto. A autarquia diz que tem sido alvo de críticas de munícipes e ontem fez mais uma vez saber ao ACES Arrábida que “é urgente” a abertura do espaço, localizado na Sala de Desporto da Piscina Municipal.

Neste momento, explica o município em comunicado, “há apenas um centro de vacinação no concelho, situado no Pavilhão Municipal da Quinta do Conde, também instalado pela Câmara Municipal”. Ora, esse centro “obriga os munícipes das freguesias de Santiago e Castelo a fazerem uma viagem de cerca de 20 quilómetros até à Quinta do Conde”. Facto que , adianta a autarquia, “tem gerado imensos protestos, que acabam por recair sobre a Câmara Municipal”.

A par disso, a edilidade lembra que “muitos munícipes que estão a ser chamados para vacinação são idosos e de grupos de risco”, e “não conseguem garantir transportes em condições de segurança”, situação que “tem obrigado a um enorme esforço das juntas de freguesia e Câmara Municipal”. Até porque, indica como exemplo, na actual conjuntura “um veículo de nove lugares consegue transportar no máximo três utentes”.

- PUB -

O município lembra que não tem responsabilidade no processo de vacinação e sublinha que, além de ter instalado um centro em Sesimbra, propôs “um planeamento semanal da equipa de vacinação entre os dois centros, de acordo com a quantidade de vacinas disponíveis”. Além disso, adianta que mostrou-se disponível “para assegurar o equipamento informático que eventualmente venha a ser necessário”, bem como “para qualquer apoio em termos logísticos e de recursos humanos, inclusive de enfermeiros que se disponibilizaram voluntariamente”.

O SETUBALENSE questionou, por email, o ACES Arrábida sobre a razão para o centro de vacinação de Sesimbra ainda não ter sido aberto e se existe alguma data prevista para que esse espaço comece a funcionar, aguardando respostas.

Centro de vacinação de Sesimbra pronto a funcionar

- PUB -

Mais populares

GNR desmantela maior rede de tráfico de amêijoa do Tejo em mega-operação com 200 militares

Operação resultou na detenção de seis homens e duas mulheres e na apreensão de 120 mil euros, 22 veículos e 14 embarcações   Um grupo de...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...

Detidos em operação internacional de captura de amêijoa no Tejo são portugueses

Detidos serão presentes amanhã e quinta-feira ao tribunal do Montijo para 1.º interrogatório e aplicação das respectivas medidas de coacção   Os cinco detidos numa mega-operação...
- PUB -