29 Junho 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalAlcácer do SalAprovados votos de pesar pelas vítimas de Covid e louvor aos profissionais...

Aprovados votos de pesar pelas vítimas de Covid e louvor aos profissionais da linha da frente

Concelho contava ontem com 27 óbitos, 25 dos quais nos lares

A Câmara de Alcácer do Sal aprovou ontem, por unanimidade, um voto de pesar pelas vítimas da Covid-19 e um voto de louvor aos profissionais da linha na frente no combate à pandemia.

- PUB -

Na nota de pesar, apresentada pelo vereador Manuel Vitor de Jesus (CDU), a autarquia considera que “num momento de profunda tristeza e consternação, em que assistimos a um aumento do número de óbitos entre os infectados, revela-se imperioso expressarmos as nossas mais sentidas condolências aos familiares e amigos das vítimas mortais provocadas pela Covid-19”.

“Alcácer fica mais pobre sempre que perde um conterrâneo, por não conseguir resistir aos efeitos devastadores da doença que se dissemina de forma cada vez mais descontrolada pela população”, acrescenta o texto, que refere ainda “numa população envelhecida” não podem ser descuradas as mortes provocadas por outras patologias.

Por parte do PS, que também votou a favor, Clarisse Campos estão a morrer quatro a cinco pessoas por dia. “Diariamente vimos partir pessoas de uma geração que nos diz muito”, afirmou a socialista.

- PUB -

O presidente Vitor Proença (CDU) informou que, até ontem, o concelho registava 236 casos activos, 27 morte por Covid, sendo 25 de residentes nos lares da AURPICAS e Rainha Santa e Isabel (Misericórdia). “isto é dramático”, sintetizou o autarca comunista.

O voto de louvor, lido por Nuno Pestana (CDU), reconhece o “enorme esforço e sacrifício” dos “profissionais de saúde, funcionários das autarquias, funcionários das IPSS, SMPC, bombeiros, forças de segurança, profissionais da educação, empresários, comerciantes e trabalhadores de estabelecimentos de bens essenciais e aos que se viram forçados a encerrar ou a readaptar a sua actividade, famílias dos profissionais que estão em risco de contágio permanente e a todos os que se encontram envolvidos em movimentos de voluntariado e solidariedade social”.

Sobre a resposta à pandemia, o presidente informou que a câmara está em contacto permanente com as IPSS do concelho e a ajudar a superar a falta de profissionais nos lares. “Em dois [dos lares] o problema já está atenuado”, revelou Vitor Proença.

Hospital do Litoral Alentejano sem camas de internamento

- PUB -

O Hospital do Litoral Alentejano, que informou, no início da semana ter atingido 90% da sua capacidade de ocupação em enfermaria, está agora já lotado, segundo o presidente da Câmara de Alcácer do Sal transmitiu ontem ao executivo municipal.

“O hospital tem as 58 camas [de enfermaria] ocupadas e duas camas disponíveis nos Cuidados Intensivos”, disse Vitor Proença, classificando a situação hospitalar como “dificílima”. Ainda de acordo com o autarca, nos Cuidados Intensivos deste hospital há “pessoas com 30 anos e menos”.

O presidente da autarquia, que dirige também a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL), disse ainda já ter transmitido às autoridades de saúde, a disponibilidade do Município de Alcácer e dos demais para “oferecer alojamento” aos médicos de outras zonas que possam ser colocados nesta região.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Revolta no velório de Jéssica obriga à presença de bombeiros e polícia

Avó paterna e alguns populares revoltam-se com mãe da criança durante a cerimónia fúnebre
- PUB -