12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioSociedadePublireportagem: Bankinter com resultados de 271 millhões até ao último mês de...

Publireportagem: Bankinter com resultados de 271 millhões até ao último mês de Junho

Tendência de crescimento demonstra actividade comercial sustentada em todos os negócios e geografias em que opera

 

- PUB -

O Grupo Bankinter consolidou o fecho do primeiro semestre deste ano com uma “tendência de crescimento”, demonstrada em períodos homólogos, graças a uma actividade comercial sustentada em todos os negócios e geografias em que opera. A entidade bancária registou “melhores resultados” do que os conseguidos no primeiro semestre de 2021, que incluíram quatro meses de receitas da Línea Directa, com destaque para “a excelente evolução de negócios”, onde obteve “uma carteira de crédito que cresce 10%” e alcançou recursos de clientes com um crescimento de 19%.

Todas as linhas de negócio e rubricas da conta de resultados, assim como os principais indicadores “registam crescimentos em relação ao mesmo período” do ano passado, o que demonstra “a capacidade do Bankinter para substituir com receitas puramente bancárias as receitas provenientes da Línea Direta, cuja separação do banco ocorreu no final de Abril de 2021”.

No último dia 30, a entidade bancária registou “um resultado líquido de 271 milhões de euros, mais 10,8% do que no primeiro semestre de 2021, e isto apesar de se incluir no período anterior quatro meses de receitas provenientes da seguradora, ainda que excluindo a mais-valia extraordinária que o banco registou pela sua entrada na bolsa”, sendo que, em períodos comparados, o aumento é de 32%.

- PUB -

Por outro lado, “o resultado antes de impostos da actividade bancária alcançou os 373,9 milhões […], o que em termos comparáveis representa mais 30% do que no ano anterior”. Também os principais indicadores de gestão “evidenciam a solidez […] e a robustez do seu balanço”, sendo que a rentabilidade sobre capitais próprios do banco, ROE, situa-se nos 11,6%, com um ROTE de 12,3%.

Quanto ao rácio de morosidade, situa-se nos 2,11% face aos 2,34% de há um ano, “sem notar, para já, incidentes relevantes derivados do actual contexto económico, e no momento em que a maioria dos financiamentos com aval do Instituto de Crédito Oficial (ICO) terminaram os períodos de carência”. Importa assinalar, da mesma forma, que o banco “reforçou a cobertura dessa morosidade até aos 64,7% face aos 62,5% de há um ano, com o objectivo de prevenir qualquer agravamento da conjuntura”, recorda.

Quanto à liquidez, o Bankinter alarga ainda mais o seu ‘gap’ comercial negativo, o que significa “dispor de um volume maior de depósitos de clientes do que de créditos, com um rácio neste sentido de 108,4%, superior em [quatro] pontos percentuais ao de há um ano”, sublinha.

- PUB -

 

Activos totais do grupo alcançam mais de 111 milhões

Em balanço da actividade, os ativos totais do Grupo “alcançam no final do semestre 111.489,7 milhões de euros, mais 8,6% do que há um ano”. O volume de concessão de crédito a clientes, por sua vez, “regista um crescimento de 8,3%, chegando até aos 72.445,9 milhões de euros”. Quanto aos recursos de clientes de retalho, alcançam “os 77.546,8 milhões de euros, mais 13%”.

“A margem de juros acumulada no final do semestre chega aos 665,7 milhões de euros, mais 4,1% do que no mesmo período de 2021, com valores trimestrais que se situam acima dos números dos últimos trimestres e com uma margem de clientes que consolida a sua tendência de crescimento”, acrescenta o Bankinter.

A margem bruta, por seu turno, conclui o primeiro semestre nos 962,8 milhões, com um crescimento de 5,3% no período. 69% dessas receitas advêem da “margem de juros e 32% das comissões derivadas da actividade do negócio”, com estas últimas a somarem no semestre um total de 303 milhões de euros, com um crescimento relativo ao primeiro semestre de 2021 de 15%.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -