20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioSociedadeFestival gastronómico promove economia e identidade sesimbrenses

Festival gastronómico promove economia e identidade sesimbrenses

Certame arrancou segunda-feira na Festa das Chagas e decorre até Junho nos restaurantes aderentes

 

- PUB -

Com os objectivos de dar a conhecer o pescado de Sesimbra, promover a economia, gastronomia e identidade locais e revitalizar a restauração, o festival gastronómico Sesimbra é Peixe foi inaugurado na tarde de segunda-feira, no último dia da Festa das Chagas, dedicada ao Senhor Jesus das Chagas, padroeiro dos pescadores sesimbrenses.

“Entendemos que Portugal é um país onde se come peixe fresco de excelência e que o que se pesca e come em Sesimbra é o melhor peixe do mundo e por isso o grande objectivo desta iniciativa é valorizar e promover o nosso pescado, atraindo pessoas à restauração local”, começa por dizer José Polido, vereador da Câmara Municipal de Sesimbra com o pelouro das pescas, a O SETUBALENSE.

“Quando realizamos estas iniciativas, temos sempre expectativas altas. Este ano temos 24 restaurantes aderentes, de todas as freguesias do concelho, onde se realiza directamente o festival gastronómico”, adianta.

- PUB -

Nas palavras do vereador da autarquia, o certame constitui-se ainda enquanto forma de “valorização de um sector extremamente importante. Sesimbra é o primeiro porto de pesca a nível de capturas do País e nas vendas está sempre no top três nacional e por isso queremos com esta iniciativa também demonstrar que estamos solidários com a pesca”.

O lançamento foi assinalado com a prova de peixe-espada preto, carapau, cavala, sardinha e polvo, dinamizada pela Docapesca, e da farinha torrada de Sesimbra, apresentada pelo Pólo de Sesimbra da Escola Profissional Agostinho Roseta.

A decorrer até ao dia 12 de Junho, na iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, com o apoio das três juntas de freguesia do concelho e da Docapesca, participam mais de setenta receitas nas quais se destacam todas as espécies que são referência na cozinha sesimbrense.

- PUB -

Nos espaços que integram a programação do festival, a opção de escolha entre os pratos vai desde a típica caldeirada à pescador, massadas, cataplanas e arrozes com os variados peixes capturados pela frota de pesca de Sesimbra.

Os clientes que escolherem os pratos do festival nos restaurantes aderentes habilitam-se a um sorteio de vales de refeição no valor de 50 ou 100 euros para usar na restauração de Sesimbra.

“Temos 20 vales de 50 euros e 20 vales de 100 euros que vamos premiar. Na carta dos restaurantes aderentes estarão assinaladas as refeições que fazem parte do festival e para quem as escolher haverá um sorteio”.

“Os vencedores poderão depois regressar a esse mesmo restaurante para desfrutar de uma outra refeição”, explica José Polido, que deixa o convite para que “todos visitem Sesimbra, provem o peixe de excelência nos restaurantes aderentes e conheçam o território e o património sesimbrense, desde a Lagoa de Albufeira ao Castelo, ao Cabo Espichel e à Fortaleza de Santiago, com um passeio pela marginal de Sesimbra ou pela Várzea da Quinta do Conde, espaço integrado na natureza”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta
- PUB -