16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioSociedadePSD quer mais meios policiais no Distrito

PSD quer mais meios policiais no Distrito

Representantes do PSD reuniram-se com Viola da Silva, Comandante da Polícia de Segurança Pública (PSP) do distrito de Setúbal, chegando à conclusão de que existe a necessidade de reforço policial na região.

- PUB -

Os social-democratas fizeram-se representar pelo presidente da Distrital de Setúbal, Paulo Ribeiro, e por Pedro Louro, da Comissão Política Distrital.

Segundo nota do PSD, o líder distrital destacou o urgente reforço de meios num “distrito que é um dos mais fustigados pela criminalidade violenta e grave”.

Ainda segundo o mesmo responsável, lançando também algumas ‘farpas’ ao PS, “este Governo não protege as forças de segurança do nosso país”.

- PUB -

E acrescenta: “Não há qualquer investimento relevante ao nível da segurança. Temos poucos operacionais para aquela que é a nossa realidade e com poucos meios ao dispor”.

O PSD recorda os “sucessivos Relatórios de Anuais de Segurança Interna (RASI), Setúbal está entre os distritos com maior índice de criminalidade do país. Os distritos de Lisboa, Porto, Setúbal e Faro, registam 75% de toda a criminalidade violenta e grave registada em Portugal”.

Assim, Paulo Ribeiro alerta que “estes números só podem diminuir com mais efectivos e mais meios”, destacando de forma positiva o trabalho de “homens e mulheres das forças de segurança nacionais, que apesar de todos os constrangimentos, dão o seu melhor diariamente na protecção de pessoas e bens”.

- PUB -

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -