1 Dezembro 2021, Quarta-feira
- PUB -
InícioSociedade“Agosto Cultural” anima noites de Corroios até 31 de Agosto

“Agosto Cultural” anima noites de Corroios até 31 de Agosto

Não substitui as Festas de Corroios, mas é uma iniciativa que demonstra que a vila continua activa mesmo nesta fase pandémica

 

- PUB -

Na vila e Corroios está a decorrer até 31 deste mês o “Agosto Cultural”, no espaço do antigo mercado de levante. Uma iniciativa que o presidente da Junta local, Eduardo Rosa, frisa que “não se trata de uma substituição das Festas de Corroios [que foram suspensas este ano], mas de uma realização para dar ânimo à população”.

Aliás, lembra o autarca que quando foi anunciado que as carismáticas Festas de Corroios não se realizariam este ano, devido à pandemia da Covid-19, foi anunciado que a Junta de Freguesia iria avançar com uma pequena iniciativa na mesma data. “O Agosto Cultural é um evento pequeno, no centro da vila e com artistas locais, onde vai existir apenas um palco montado num anfiteatro ao ar livre e limitado a 350 cadeiras”.

Este condicionalismo obriga a que o público dos espectáculos de música, teatro e cinema, todos eles gratuitos, levantem um ingresso no próprio dia, a partir das 19h00, sendo cada um limitado apenas a duas pessoas.

- PUB -

A área do mercado de levante, que foi remodelada, sendo agora designada por ExpoCorroios para receber vários eventos, para o “Agosto Cultural” foi dividida em duas zonas, uma delas para o anfiteatro e outra onde estão vários stands direccionados para o tecido empresarial local e feirantes, sendo que este espaço não vai receber mais do que 400 pessoas. “É feito controlo de entradas tendo em consideração as directrizes da Direcção-Geral da Saúde e outras entidades com responsabilidade nesta matéria”, diz Eduardo Rosa.

Assim, considerando o anfiteatro e o espaço de stands, no espaço “não podem estar mais de 600 pessoas” sendo que o uso de máscara “é obrigatório”, para além de existirem vários pontos com desinfectante para as mãos. Para além disso, foram desenhados “corredores diferenciados para as entradas e saídas”, assim como no interior “foram criadas condições para que os visitantes não se cruzem, mantendo o necessário distanciamento social”.

Atenta Eduardo Rosa que “as pessoas têm de perceber que esta pandemia não vai ser debelada com facilidade, mas não podemos parar, porque há muita gente a passar fome, caso de feirantes que estão há meses sem trabalhar, assim como alguns artistas”.
Com este evento organizado e financiado pela Junta de Freguesia de Corroios, afirma o presidente Eduardo Rosa que, dada a dificuldade dos feirantes, estes “vão pagar muito pouco” para estarem presentes no “Agosto Cultural”.

- PUB -

Quanto às Festas de Corroios, afirma o autarca que vão estar de volta em 2021, enquanto o “Agosto Cultural” vai manter-se, mas numa data diferente para não coincidir com as grandes festas da vila.

Música, teatro e cinema

Os espectáculos de música e teatro, bem como as exibições de cinema a terem início a partir das 21h00, sendo que as iniciativas de música e teatro terão transmissão online, hoje o palco do anfiteatro do “Agosto Cultural” recebe a música de Tsunamiz. Amanhã, actua José Carita com “Do Erudito ao Popular”.

Quinta-feira é dia de teatro com “Lisboa abre uma janela” pelo CCR Artes & Magias, enquanto na noite de sexta-feira vai ouvir-se fado dedicado a Emídio Leitão. No sábado actua o cantor e músico Vítor Paulo, num “Tributo a José Afonso”

Sábado o anfiteatro recebe Henrique Leitão, sendo a noite de domingo dedicada ao cinema com “Aquele Querido Mês de Agosto” de Miguel Gomes.
Esta é uma iniciativa da Junta de Freguesia de Corroios, em cooperação com artistas, movimento associativo e tecido económico locais.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -