2 Outubro 2022, Domingo
- PUB -
InícioSociedadeOUT.FEST com selo de qualidade renovado até 2020

OUT.FEST com selo de qualidade renovado até 2020

O Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro encontra-se nomeado entre os melhores da Europa, com concertos que se destacam lado-a-lado com actuações como as de The Prodigy

 

- PUB -

 

O OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, organizado desde 2004, enquanto celebração da música experimental em todas as suas vertentes estéticas, da música electrónica, ao jazz ou música clássica e contemporânea, renova o seu selo EFFE – Europe for Festivals, Festivals for Europe. Um galardão atribuído ao OUT.FEST desde 2015, que fica agora válido para o biénio 2019-2020.

Esta distinção é promovida pela APORFEST – Associação Portuguesa Festivais Música, que distingue os melhores festivais em Portugal e Espanha, que visa distinguir festivais europeus comprometidos com as artes, a comunidade local e a dimensão internacional e surge integrada com um reconhecimento simultâneo por parte da dos Iberian Festival Awards. Eveno em que OUT.FEST é, pela primeira vez, finalista.

- PUB -

O resultado da competição para eleger os melhores festivais da Europa e em particular da Península Ibérica, será apresentado no dia13 de Março, em Vigo, no evento Gala de Premiados.

 

Edição 2018 com um dos melhores concertos internacionais

- PUB -

 

No âmbito do OUT.FEST o concerto da cantora de origem brasileira Linn da Quebrada foi considerado um dos pontos altos da edição de 2018, estando agora votado como um dos 10 mais votados pelo público na categoria de “Melhor Concerto Internacional”, junto de nomes como The Prodigy, David Byrne, Lenny Kravitz ou St. Germain.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -