23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Recordando um dos comerciantes de mérito de Setúbal: João Francisco Envia

Recordando um dos comerciantes de mérito de Setúbal: João Francisco Envia

Recordando um dos comerciantes de mérito de Setúbal: João Francisco Envia

Nascido em Setúbal no dia 10 de julho de 1919 na freguesia de Nossa Senhora da Anunciada, na zona de Troino. Em 1948 é proprietário de um estabelecimento de artigos escolares e derivados; a célebre papelaria “Rubi” na rua Arronches Junqueiro, próximo do Largo da Misericórdia. Era o encanto de qualquer criança da época ficar tempos a olhar para as várias montras embelezadas com belos livros de histórias, bonecas e brinquedos vários.
Foi um setubalense muito ativo e um grande defensor dos problemas da nossa cidade de Rio Azul com uma das mais belas baias do mundo. Além de comerciante, fez parte de algumas colectividades, associações e organismos da cidade: entre eles do Vitória Futebol Clube, na época que o Vitória, conquistou a primeira taça de Portugal, fundou a secção de pesca desportiva de Setúbal, director de várias Associações, entre elas a Associação de Socorros Mútuos Setubalense, o Clube Naval Setubalense, foi tesoureiro da L.A.S.A. – Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão. Foi um grande colaborador na imprensa local, nos seguintes jornais: Distrito de Setúbal, Gazeta Setubalense, Voz de Palmela, “O Setubalense”, Correio de Setúbal e do título do jornal do Luís Estrela “Viva Setúbal”, em homenagem ao setubalense Álvaro Carvalho Pinto, de que eu continue a assinar os meus artigos no jornal “O Setubalense” em memória do meu irmão Álvaro, da sua célebre saudação, que era sempre “Viva Setúbal!”.
Do seu amigo Rui Rocha, o perfil de algumas quadras que ele as dedicou: “Trabalhador incessante
Seus misteres bem variados
É digno comerciante
Tem seus créditos firmados
É cronista de valor
Com livros que dizem bem
Todo o apreço e amor
Que a Setúbal tem.
Da tua pena,
Factos idos irás narrar,
Nossa memória pequena
Tais iremos recordar.
Não iremos recordar.
Não te canses de escrever
Tuas crónicas com valor
Gostamos bem de as reler,
Têm sempre mui sabor.
E é bom relembrar mais um comerciante de mérito de Setúbal e “Recordar é Viver porque a vida é feita de recordações”.
Viva Setúbal!

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -