22 Julho 2024, Segunda-feira

- PUB -
Grupo de antigos alunos da Escola Industrial e Comercial de Setúbal festejou 46.º aniversário

Grupo de antigos alunos da Escola Industrial e Comercial de Setúbal festejou 46.º aniversário

Grupo de antigos alunos da Escola Industrial e Comercial de Setúbal festejou 46.º aniversário

11 Junho 2024, Terça-feira
Custódio Pinto

Foi a antiga aluna Helena Palmela que tomou a iniciativa de reunir este grupo dos antigos alunos da Escola Industrial e Comercial “A Saboaria”, como era conhecida João Vaz, hoje Sebastião da Gama.
Essa confraternização realizou-se no dia 25 de Maio de 2024, com grande êxito que ainda juntou cerca de 50 antigos alunos. Que maravilha foi e estiveram presentes Álvaro Piteira, Viana Branco, Custódio Pinto, Carlos Batista e esposa, Oliveira e esposa, Gaspar e esposa, Helena Dias, Zelinda, Cecília, viúva do Alfredo e outros alunos cujo nome já não me lembro, com as minhas desculpas.


A associação foi extinta por problemas de saúde do presidente Nelido e não houve ninguém para a continuação da associação, enfim é a vida. A associação, com a bonita idade de 46 anos, tinha uma boa actividade, belíssimas confraternizações anuais e intercâmbios, com outras associações no País, entre elas: Braga, Viana do Castelo, Covilhã, Santarém, Beja, Algarve e Grândola. Eu e alguns colegas e familiares ainda fizemos parte de alguns desses intercâmbios. Recordo-me que num deles, realizado em Santarém, fomos recebidos pelo presidente da Câmara, Moita Flores, com um conjunto de concertinas pelas ruas e o almoço em Almeirim, oferecido pelo município. Quando a associação de Braga veio a Setúbal, o almoço foi na Fonte Nova, com uma boa caldeirada e peixe assado e uma belíssima sessão de fados, com fadistas setubalenses, um autêntico espetáculo, com os colegas a ficarem maravilhados. Um acontecimento que ficou na memória de todos.
E esta feliz iniciativa é de louvar e de reconhecer, com muita amizade e carinho à colega Helena Palmela, pela organização e votos para que continue esta e outras iniciativas. No final do convívio, houve o tradicional bolo e champanhe, de que fui convidado como o aluno mais “jovem”, entenda-se com a maior “juventude acumulada” para fazer as honras de cortar a primeira fatia do bolo, o que muito me sensibilizou e me deixou de coração cheio.
Um pequeno historial e algumas memórias da “Saboaria” de João Vaz, entre elas a opereta a “Leiteira de Entre Arroios”, com grande sucesso na cidade e no País. Em Évora, com casa esgotava no Teatro Garcia Resende e depois a “Flôr de Liz”, ambas com muito êxito.
E tudo isto é e faz parte da cultura da nossa cidade do Rio Azul, com uma das mais belas Baías do mundo.
Viva Setúbal!

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

, Mestre em Sociologia
19/07/2024
- PUB -
- PUB -