23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Ano de eleições na política e no futebol!

Ano de eleições na política e no futebol!

Ano de eleições na política e no futebol!

O presente ano de 2024 traz consigo um conjunto de eleições, pelo que é um momento em que os cidadãos são convidados a escolher quem os deve representar.

No futebol, para além das muito mediáticas eleições no Futebol Clube do Porto, em que Jorge Nuno Pinto da Costa parece poder vir a ter a oposição de André Villas Boas, teremos eleições na Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e na Associação de Futebol de Setúbal (AFS).

- PUB -

Na FPF, por limitação de mandatos, o atual presidente, Fernando Gomes, não poderá ser candidato e irá com certeza iniciar-se um novo ciclo. Fernando Gomes vai deixar o cargo com uma marca de elevada qualidade, consubstanciada por várias ações, nomeadamente a edificação da cidade do futebol, a criação do Canal 11, o desenvolvimento do futebol feminino com a marca da primeira participação num Campeonato do Mundo, a criação da Unidade de Saúde e Performance, a criação da Portugal Football School, o sucesso da Liga 3 e da Liga Revelação, o investimento no VAR, o aumento do número de praticantes, o título mundial e europeu de futsal e de futebol de praia, bem como o título europeu e a vitória na primeira edição da Taça das Nações. Estas medidas e resultados, entre outros, fazem de Fernando Gomes o melhor presidente de sempre da FPF e deixam nos potenciais candidatos a sucessores uma enorme responsabilidade. Não será fácil, refira-se, fazer melhor.

A comunicação social começou por apontar o nome de Luís Figo, antigo capitão da seleção nacional, como potencial candidato. Mais recentemente, em entrevista ao jornal “Record”, Pedro Proença, ex-árbitro internacional e Presidente da Liga de Futebol Profissional e da Associação das Europeias de Futebol, admitiu que poderia vir a ser candidato à presidência da FPF. Importa também saber se as associações distritais de futebol pretendem apresentar um candidato.

Acredito que até ao final da época surgirão novidades. Quem vencer as eleições na FPF terá a sublime honra de dirigir o futebol, o futsal e o futebol de praia de Portugal. Porém, deverá ter consciência da dificuldade que será continuar o legado de sucesso de Fernando Gomes.

- PUB -

Quanto à AFS, haverá mudança? Ou vamos manter a atual liderança?

Os clubes irão decidir.

Desejo a todos um feliz ano de 2024. Brindemos à vida!

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -