6 Outubro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioOpiniãoRecordando o antigo director d'O Setubalense, Luís Faria Trindade (1885 - 1963)

Recordando o antigo director d’O Setubalense, Luís Faria Trindade (1885 – 1963)

Nasceu em Lisboa, no dia 4 de dezembro de 1885. Filho de Luís Porfírio Trindade e de Maria Graciete Conceição Faria, Luís Faria Trindade, velho republicano, adotou Setúbal como a sua cidade. Em fevereiro de 1927, como jornalista foi preso, por motivos políticos, por ter tomado parte na revolução desse mesmo mês. Seria depois libertado em Julho desse ano.

- PUB -

Jornalista muito conhecido, por pertencer ao Jornal O Setubalense, esteve no Brasil, mas a vida nesse país foi muito complicada e mais tarde regressou a Portugal, onde em Lisboa desempenhou funções nos jornais “O Mundo” e “O Século”.

Em Setúbal, arrendou dois andares na Praça do Bocage, junto à Igreja de São Julião, onde instalou a redacção e administração do jornal, na rua do Diário O Setubalense, e no mesmo edifício a sede do Clube de Campismo de Setúbal. Recordo-me ainda que as oficinas do jornal eram também na Praça do Bocage, no Largo do Chiado, junto ao café Central e antes na rua Tenente Valadim e depois no r/chão na morada do senhor Luís Faria Trindade, num edifício de terceiro andar, próximo da Câmara Municipal de Setúbal. O senhor Trindade ocupava o primeiro e o segundo andar e os meus pais o terceiro andar. Éramos uns vizinhos muito amigos, mesmo como família que infelizmente, nos dias de hoje, não é tão comum. Lembro-me que quando tinha os meus 10/15 anos o senhor Trindade já me incentivava com o “bichinho” da notícia e dos acontecimentos da cidade, que imediatamente eu lhe transmitia e que ele muito me agradecia, o que cada vez me motivava mais.

Ele utilizava as duas janelas do primeiro andar, onde colocava dois placards com as notícias e as pessoas de regresso a casa, de uma maneira geral, estavam acostumadas a ler os acontecimentos de última hora da cidade através da janela, no Jornal O Setubalense. E, assim, recordo o jornalista e director do Jornal O Setubalense, com muito carinho e amizade o meu vizinho de infância e juventude Luís Faria Trindade.

- PUB -

Paz à sua Alma

Viva Setúbal!

Comentários

- PUB -

Mais populares

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável   O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer...

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima

Orcas atacam veleiro em Sesimbra e seguem semi-rígido na Fonte da Telha

Ataque causou danos no leme da embarcação, mas o mesmo não perdeu a navegabilidade
- PUB -