18 Agosto 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioOpiniãoFérias bem merecidas

Férias bem merecidas

Esta é a minha última participação antes das férias. Depois, só dia 30. O SETUBALENSE vai estar nas bancas a 5 de agosto e depois regressa dia 29. Todos os que o fazem, desde o diretor, jornalistas, até aos colaboradores regulares como é o caso deste vosso escriba, vão gozar, creio que os estimados leitores concordarão, as suas merecidas férias.

- PUB -

Após mais um ano, e já lá vão tantos, este jornal (o mais antigo de Portugal continental), a informar sobre a vida da região, das suas autarquias, a dar voz aos eleitos pelo distrito à Assembleia da República e a um conjunto de colaboradores cujas opiniões abrangem todo o espectro político-ideológico, como deve ser um jornal que se preze, isento e pluralista, contribuindo assim, para a formação democrática dos seus leitores, merece bem estes dias de descanso.

Vamos de férias num período bem conturbado. A nível nacional, além do fecho de serviços hospitalares e agora até de esquadras da polícia e, mais uma vez, principalmente por causa dessa calamidade que deveria prevenir-se bem melhor; os fogos florestais.

Este ano, e ainda só estamos em princípios de agosto, já ardeu o dobro da área do ano passado. É verdade que esta onda de calor contribuiu para isso. Mas explica tudo? Aprendeu-se alguma coisa com a tragédia de 2017? A desertificação do interior, outra das causas, tem sido considerada pelo novo/velho governo PS? Por exemplo, o apoio à pequena e média agricultura, ou outros incentivos para a fixação de pessoas, casais jovens, fez-se alguma coisa?

- PUB -

Felizmente, tem havido menos mortes. Não conheço bem essa sinistra contabilidade, mas mesmo assim, há a lamentar a do jovem piloto, um casal de idosos que fugia do fogo, e não serão os únicos. E os milhares de animais, sobretudo selvagens, mas também domésticos, sacrificados? E os bens materiais, as matas, a angústia e o sofrimento de quem lá vive?

No plano internacional, evidentemente, o que marca, é a guerra na Ucrânia. Guerra preparada pelos que prepararam tantas outras, como, por exemplo, a do Iraque baseada numa monumental mentira. ou a da Líbia. Então, com o melhor nível de vida região e que a deixou destroçada. Em ambos os casos, para abocanharem as suas grandes reservas energéticas e pelo facto dos respetivos líderes, não lhes permitirem. Por isso, para além de tanta morte e destruição, foram também miseravelmente assassinados.

Agora, com uma campanha mediática como nunca visto, voltam a diabolizar um líder e apontam-no como único culpado. Mas não convém-se toda a gente! Por exemplo, alguns bem conhecidos e empenhados intervenientes: Carlos Matos Gomes, Pedro Tadeu, José Goulão, Viriato Soromenho Marques, Alfredo Barroso, Miguel Sousa Tavares, Carlos Branco, Frei Bento Domingues.

- PUB -

O papel de vassalagem da UE, vai-nos ficar bem caro.

Mas nem tudo é mau. Temos aí diversos eventos organizados principalmente por autarquias, como é o caso de Corroios, cujas grandes festas se realizam de 19 a 28 deste mês, com muita música e animação.

Divirtam-se! Boas férias!

Comentários

Francisco Ramalho
Professor, Corroios
- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Mulher morre em colisão entre dois veículos em Grândola

Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 261, no cruzamento do Carvalhal, provocou, esta tarde, um morto e dois feridos graves.

Acidente de viação no Montijo provoca três mortos

Colisão frontal provocou a morte de dois homens, de 26 e 32 anos, e de uma mulher, de 24 anos
- PUB -