19 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioOpiniãoA mãe natureza bem nos avisa

A mãe natureza bem nos avisa

Anda meio mundo preocupado. Primeiro, foi a pandemia que ainda não nos largou de vez. Depois, a intensificação da guerra. Ao contrário do que a comunicação social dominante (CSD) tenta fazer crer, não começou há 5 meses! A seguir, a seca, e agora esta onda de calor e os pavorosos incêndios.

- PUB -

Portanto, temos dois grandes problemas: as alterações climáticas e a guerra. As guerras.

Em ambos os casos, em graus diferentes, todos somos culpados.

Primeiro, os decisores políticos, os governos. A seguir, os que os influenciam, manipulam, e beneficiam com as suas decisões.

- PUB -

Finalmente, as massas. Também manipuladas por uns e por outros.

Quanto às AC, as causas são por demais conhecidas. Têm a ver com a forma como tratamos o meio-ambiente, a Natureza. E, mais uma vez, também com graduações diferentes, a culpa é ampla.  Desde os indiferentes, quem atira lixo para onde calha, quem não tem cuidado com o fogo, até aos que com ele lucram, com as explorações agrícolas intensivas, a devastação de florestas, a utilização dos combustíveis mais poluentes; os fósseis e o nuclear, e com a guerra.

Depois de já termos dizimado milhares de outras espécies, se não tivermos juízo, é também a nossa espécie que está em causa. A mãe Natureza bem nos avisa!

- PUB -

O caso desta guerra em curso, é bem o exemplo da manipulação, do interesse egoísta e criminoso dos que até com ela procuram tirar dividendos, agravando mesmo a já precária questão ambiental.

Com as sanções impostas à Rússia e à Bielorrússia, por exemplo, as duas maiores potências da União Europeia, Alemanha e França, voltam ao carvão e ao nuclear, agravando assim, a tão necessária descarbonização do planeta. Além de todos os danos em relação a outras trocas comerciais como os cereais e os fertilizantes.

Claro que todos condenamos esta e todas as guerras. Mas em relação à origem e objetivos desta, o consenso está longe de ser geral. Os tais que têm os meios de manipulação, omitem o golpe que levou ao poder na Ucrânia o seu homem de mão, a natureza antidemocrática (ilegalizou todos os partidos da oposição) e fascizante do seu governo, a questão do Donbass e o avanço da NATO para junto das fronteiras da Rússia. Tudo antecedentes e pretextos para a invasão. E, contrariando vozes autorizadas como, por exemplo, a do Papa Francisco, ou a do diretor convidado deste jornal aquando do seu 167º aniversário, Viriato Soromenho Marques, que ainda na passada quinta-feira, teve uma participação brilhante sobre a crise climática, a guerra e os seus principais protagonistas, como convidado no programa da Antena1, A Escala do Clima, recusam qualquer tentativa séria que leve ao fim do conflito. O que lhes interessa, é o confessado desgaste da Rússia.

Mais uma vez, todos temos culpa. A maioria dos europeus, vota em partidos, cujos governos se subordinam aos que mais manipulam e procuram dividendos, os EUA. E os que não votamos nesses partidos, ainda não tivemos o engenho e a arte de convencer uns e outros, a não fazê-lo.

Comentários

Francisco Ramalho
Professor, Corroios
- PUB -

Mais populares

Mulher morre em colisão entre dois veículos em Grândola

Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 261, no cruzamento do Carvalhal, provocou, esta tarde, um morto e dois feridos graves.

Ana Catarina Gonçalves: A grandolense que arriscou e conseguiu montar um ‘império’ na vertente das explicações

Com apenas 21 anos, começou a acompanhar algumas crianças por brincadeira. Hoje, passados cinco anos, emprega três dezenas de professores

Acidente de viação no Montijo provoca três mortos

Colisão frontal provocou a morte de dois homens, de 26 e 32 anos, e de uma mulher, de 24 anos
- PUB -