10 Agosto 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioOpiniãoO senhor Presidente Marcelo

O senhor Presidente Marcelo

Os deuses nos livrem de que, alguma vez, os eleitores menos precavidos se deixem cativar pelas habilidades retóricas de um qualquer «salvador da pátria». E que nunca permitam a escolha de um zé da vaca para nosso Presidente – a dignidade do cargo e Portugal não o merecem, nenhuma nação o merece.

- PUB -

Marcelo Rebelo de Sousa é, tem-no provado, um Presidente como deve de ser: verdadeiramente representativo de todos os Portugueses, atento à governação do país e justo com o governo, ponderado no discurso e nas decisões, culto, educado, gentil, humilde, próximo, solidário, popular, autêntico. Responde sem enfados às perguntas dos jornalistas, não nega uma palavra ou um gesto de afetividade a ninguém, com ele não há exibições de seguranças – se os utiliza, não se fazem notar. Há quem lhe critique o estilo. Eu aprecio. E mais, se lhe cotejo a personalidade jovial, aberta e simples com a macambuzice e a enfatuação do anterior PR, que revelou, ainda, ser um adepto fervoroso a envergar a camisola partidária no exercício da função.b

A visita de Marcelo ao Brasil ficou ensombrada pela descortesia inacreditável da grotesca figura das patacoadas mais idiotas – quem não se lembra da sua reação às preocupações dos brasileiros pelo evoluir da pandemia que já ceifou cerca de setecentos mil no país, quando disse que a Covid era uma «gripezinha» e concluiu que o Brasil tinha que deixar de ser «um país de maricas»? Desmarcar, em cima da hora e sem justificação, um encontro e almoço para que havia convidado o nosso Presidente, além de grossaria e soberba de labrego, tratou-se de uma afronta a Portugal e aos Portugueses. Mais uma sandice a desgostar (e envergonhar) os milhões de brasileiros que não votaram no casca-grossa e outros milhões que estarão arrependidos de o terem guindado ao poder.

O azedum de Bolsonaro terá tido origem nos encontros entre Marcelo e três ex-presidentes do Brasil, entre eles Lula da Silva, o que já acontecera na visita anterior. Era o que faltaria, o nosso Presidente não poder encontrar-se com amigos. Condenar estes encontros como provocatórios e «tique colonialista» de Marcelo, desculpe-me senhor Santana Lopes, é opinião que pertence ao domínio dos delírios.

- PUB -

Marcelo desculpou o lamentável incidente diplomático (é um incidente diplomático, sim, senhor Presidente!), com a elevação que lhe conhecemos. E no rescaldo, deu de luva branca. A educação e a inteligência são as melhores respostas às indelicadezas dos broncos, e as relações entre os Estados e os povos terão de estar sempre acima dos problemas entre os indivíduos. O meu aplauso, Presidente Marcelo.

Um senhor, é o que o nosso Presidente é. Sorte nossa. Nem todos os povos a têm.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos
- PUB -