30 Novembro 2021, Terça-feira
- PUB -
InícioOpiniãoTodos a bordo!

Todos a bordo!

NÃO ! NÃO VOU FAZER QUALQUER RECLAME AOS “DOURADINHOS”, COMO VEMOS DIARIAMENTE NOS VÁRIOS CANAIS DA TV.

- PUB -

Uso este grito para chamar a atenção de todos, em especial dos que se dizem cristãos, que é o momento de todos nos empenharmos nas mudanças urgentes que a nossa sociedade, e com ela, a nossa Igreja, está necessitando,E este tempo pós eleitoral deve ter despertado os cidadãos para a necessidade de participarmos na construção dum mundo novo. É pois um momento para ouvirmos o convite extraordinário e surpreendente feito pelo Bispo de Roma aos seus diocesanos. O Papa Francisco tem vindo a falar insistentemente na realização dum “sinodo da Igreja” a realizar em 2023. E vem insistindo que localmente se inicie a preparação de sínodos em todas as Dioceses. Não é para a gente comum uma palavra e um conceito muito vulgar, mas está pleno de significado. A sinodalidade significa “caminhar juntos”, e por isso começa a despertar para os crentes comuns algum interesse. É que Francisco vem insistindo que todo o “povo de Deus” tem de ser chamado a escutar a “palavra de Deus” e a restituir à Igreja o seu verdadeiro sentido de tornar este mundo melhor. Melhor no nosso comportamento para com os outros que muitas vezes esquecemos que são nossos irmãos. IA Igrija que através dos séculos teve a sua verdadeira face coberta com camadas de argamassa que taparam quase totalmente a sua verdadeira face tornando-se extremamente ritualista, muito hierarquizada e distanciando os “pastores” ( padres, bispos , cardiais e até o Papa)dos fieis, do seu rebanho.

Ora o nosso atual Papa está fazendo uma autêntica revolução, para já pedindo aos bispos que ouçam o  seu rebanho constituído por pessoas de todo o género – ricos e pobres, letrados e sem escolaridade, sãos e doentes, inteligentes e assim assim – pondo em destaque que é sobre os mais fracos, mais pobres ou marginalizados que deve incidir a preocupação deles – pastores – e  de todo o rebanho.

E o Bispo de Roma insiste que a sua diocese tem mais responsabilidades por ser onde reside o Papa. E como sabe bem o grau do anquilosamento que existe, envia um  verdadeiro caderno de instruções para que em nenhuma diocese se perca esta oportunidade de “purificar” a nossa Igreja. E as suas preocupações vão até às acreções à “mãe terra” ou à economia vigente que não sabe distribuir e que até…mata, diz Ele.

- PUB -

Por isso ouçamos os seus gritos de “todos a bordo”, todos comprometidos nas disclusões onde todos daremos opiniões, poremos os nossos problemas na mesa – e para isso é necessária uma verdadeira capacidade para ouvir, e onde ninguém pode ser excluído.  É evidente que nas dioceses se devem formar grupos para garantir que dessa caminhada ninguém é excluído.

A todos Jesus deu o seu exemplo de entrega! Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida. Todos teremos de sentir o nosso coração cheio de ternura e Amor – por isso Francisco nos chama a uma “revolução da ternura”. E nela sejamos todos atores e não meros espetadores !

Por isso : TODOS A BORDO! Assim nos ouçam os nossos bispos.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -