16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioOpiniãoA bandeira de todos os que não desistiram

A bandeira de todos os que não desistiram

Foi em 1987, no famoso Relatório Brundtland, sobre Ambiente e Desenvolvimento apresentado à Assembleia Geral das Nações Unidas, que o tema da sustentabilidade ganhou direito de cidade à escala internacional.

- PUB -

A sua definição, nesse documento é a seguinte: “O desenvolvimento sustentável é aquele capaz de satisfazer as necessidades do pressente sem comprometer a capacidades das gerações futuras poderem satisfazer as suas”.

Como é que a sustentabilidade se traduz na vida concreta das regiões? Implica perceber que o actual modelo económico está em rota de colisão com a nossa casa ambiental planetária.

Implica compreender que o tão apregoado objectivo do “crescimento” económico está a ser realizado à custa da degradação da natureza (ar, água, solo arável, mar e oceanos, biodiversidade, harmonia paisagística…) e da desigualdade social crescente dentro dos países e entre Estados.

- PUB -

Sustentabilidade significa também pensar e agir no longo prazo, visando a justiça e bem-estar agora e entre gerações, significa fomentar uma economia que trabalha em sinergia com o ecossistema, em vez de o delapidar sem piedade.

Só são sustentáveis as políticas e as empresas que criam riqueza minimizando o uso de recursos naturais e de energia.

Que evitam, incorporando tecnologias fundadas no conhecimento, as emissões poluentes e os resíduos. Sustentabilidade é a bandeira de todos os que não desistiram de merecer um futuro digno e inclusivo.

- PUB -

Director convidado da edição de aniversário d’O SETUBALENSE

Comentários

Viriato Soromenho-Marques
Professor da Universidade de Lisboa
- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -