22 Janeiro 2022, Sábado
- PUB -
InícioOpiniãoMillennials, bolhas e casa própria

Millennials, bolhas e casa própria

Sou um millennial e trabalho no sector imobiliário. Tendo sido comprador e
vendedor ainda antes de entrar neste ramo, sei quais são as expectativas que
alguém da minha geração tem. Por isso se nasceu entre 1980 e 2000 continue a
ler.
Possivelmente está a aguardar o momento em que a “bolha” rebenta para
comprar uma casa. Ora, apesar de essa poder vir a ser uma hipótese, pois não
excluo cenários nem faço previsões, acredito que a ocorrer, será daqui a alguns
anos.
Assim sendo, a um millennial restam poucas hipóteses, arrendar um dos poucos
imóveis disponíveis no mercado a valores difíceis de suportar e possivelmente ter
de partilhar a casa, ou comprar algo que não é o ideal para o seu gosto.
Comprar uma casa não é decisão que deva ser tomada de ânimo leve, mas é um
passo que qualquer jovem quer tomar para obter independência da família, apesar
dos seus rendimentos.
Todos temos a ideia que comprar uma casa à nossa medida deve ser algo ao
alcance de todos, no entanto, e apesar de concordar com a parte de ser
necessário estar “ao alcance de todos”, não digo o mesmo sobre o estar “à nossa
medida”.
Assim sendo, acredito que ao procurar uma casa deve ter em conta o que precisa
ter, e não o que quer ter. Isto porque mesmo que tivesse tudo o que deseja, daqui
a alguns anos estará a vendê-la para se mudar para outro local. Então para quê
suportar o esforço financeiro?
Mais, muitas vezes uma grande lista de requisitos torna impossível encontrar uma
solução, levando-nos a arrendar “por agora” até que a situação se torna
semipermanente.

- PUB -

Então tome a decisão de comprar o que pode comprar e não mais, sabendo que
quando vender recupera parte do que gastou para investir na tal casa ideal,
supondo claro, que se verifica uma estabilização de preços no mercado.

Comentários

- PUB -
- PUB -
- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Entrada de luxo dos sadinos foi segredo para vencer U. Santarém e subir ao 2.º lugar

Varela (bisou) e Zequinha fizeram os golos desta quinta-feira no Bonfim

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -