11 Maio 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Opinião Perspectivas do imobiliário para 2021

Perspectivas do imobiliário para 2021

O ano que agora se inicia poderá ser muito diferente no final, fruto de alterações legislatórias e conjunturais que poderão influenciar o mercado imobiliário.

- PUB -

Começando pela mais óbvia, o impacto macroeconómico. Com uma queda de 8,1% do PIB nacional projetada pelo Banco de Portugal para 2020, e uma contração mundial prevista de 3% pelo FMI, constata-se um cenário de maior incerteza para os próximos anos. Digo incerteza, porque nesta fase é demasiado cedo para prever o impacto das medidas que estão a ser, e serão tomadas. De todo o modo, cenários de incerteza adiam decisões de investimento profissional, o que poderá adicionar escassez ao stock de habitação disponível.

As moratórias são outro tema quente. Mantendo-se o prazo de término deste regime excecional, as famílias portuguesas começarão a sentir o impacto nas prestações dos seus créditos já em Setembro. Serão 2 mil milhões de Euros de adiamentos que serão diluídos nas prestações mensais, o que aumentará o encargo mensal dos portugueses. Este resvalo no orçamento familiar levará inevitavelmente a um aumento da oferta de imóveis, o que por sua vez poderá travar o crescimento dos preços.

Outra das alterações que aconteceram em 2020 e que se vê prolongar-se durante 2021, é a redução da taxa de ocupação do arrendamento de curta duração. Outrora um modelo de negócio apetecível, como alternativa mais rentável face ao arrendamento de longo prazo, mostrou-se pouco robusto quando as viagens ficaram restringidas. Esta leitura sai reforçada pela legislação aprovada pelo estado, que permite converter um estabelecimento de alojamento local em arrendamento acessível.

- PUB -

Incerteza será a palavra de ordem. Quer seja comprador ou vendedor, o importante será tomar ações informadas.

934 611 915
[email protected]
www.cdc21.pt

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...

Porto de Setúbal: Tersado recebe grua de última geração

A nova grua está optimizada para navios da classe Panamax, permitindo subir e descer as cargas a uma velocidade até 120 metros por minuto   A...
- PUB -