11 Maio 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5...

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços

 

- PUB -

A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca de duas semanas um novo terminal rodoviário na zona da Várzea, junto à Avenida de Moçambique, espaço que veio colmatar a necessidade que sentia “de antecipar o encerramento da estação rodoviária na Avenida 5 de Outubro”.

As condições que a velhinha estação apresentava actualmente, depois de ter permanecido ao serviço do concelho sadino durante mais de cinco décadas, já não permitiam que a operadora pertencente ao Grupo ARRIVA desenvolvesse a sua actividade da melhor forma, explicou fonte oficial da TST a O SETUBALENSE.

“É uma estação muito envelhecida e que apresentava já alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços. Portanto era uma coisa que precisávamos de fazer com alguma celeridade. Tomámos então a medida de fazer este novo terminal [na Várzea], que também acaba por ser um ponto importante na mobilidade em Setúbal”, esclarece a mesma fonte.

- PUB -

No que diz respeito à sua utilização, a TST confirma que está a funcionar a ‘bom ritmo’, apesar de “os clientes ainda estarem numa fase de adaptação” mesmo com a empresa a continuar a “servir a zona envolvente à estação [5 de Outubro] por questões de comodidade”.

Ao nível dos profissionais, a TST revela que “também estes se têm adaptado bem à mudança” e que “o novo espaço também é do seu agrado”. “As coisas têm estado a correr muito bem internamente com os nossos colegas”.

No entanto, a empresa garante que continua a “acompanhar a operação diariamente, no sentido de avaliar se é necessário fazer alguma alteração face àquilo que foi estabelecido inicialmente”.

- PUB -

Em comunicado, o Grupo Arriva explica que “o terminal da Várzea, integrado na rede de interfaces do Plano de Mobilidade Sustentável e Transportes de Setúbal, proporciona uma maior acessibilidade a quem vive na zona da entrada Norte da cidade, nomeadamente na envolvente ao Parque Urbano da Várzea e Bairro do Liceu”. O espaço, cedido pela Câmara Municipal de Setúbal por um período de oito anos, representa um investimento na ordem dos 200 mil euros.

O novo equipamento, de acordo com a mesma nota, “assume um importante papel na rede de interfaces da cidade, que em breve será alargada através da abertura de mais um terminal que contemplará os modos rodoferroviários”. Assim, para o próximo mês de Abril está prevista a inauguração do novo terminal interface de Setúbal, na Praça do Brasil, futuro centro de operações das carreiras urbanas da cidade, junto à estação dos caminhos-de-ferro.

 

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...

Porto de Setúbal: Tersado recebe grua de última geração

A nova grua está optimizada para navios da classe Panamax, permitindo subir e descer as cargas a uma velocidade até 120 metros por minuto   A...
- PUB -