13 Agosto 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalBarreiroMunicípio barreirense entrega prémios a vencedores do vigésimo Concurso de Montras de...

Município barreirense entrega prémios a vencedores do vigésimo Concurso de Montras de Natal

Evento reuniu total de 46 participantes, com 62 vitrinas alusivas à quadra

- PUB -

 

A Câmara do Barreiro procedeu esta terça-feira à entrega dos prémios do XX Concurso Montras de Natal, que contou com a participação de 46 estabelecimentos da área do comércio e serviços, numa cerimónia que decorreu na sala de sessões dos Paços do Concelho e que contou com as presenças do presidente da autarquia, Frederico Rosa, e da vereadora Maria João Regalo, responsável pelo Gabinete de Inovação, Desenvolvimento Económico e Turismo.

O júri da iniciativa, constituído por três elementos designados pela autarquia, avaliou um total de 62 montras alusivas à quadra natalícia, tendo o autarca barreirense agradecido a participação de todos no evento que caracteriza esta época do ano, sublinhado “a disponibilidade e a vontade” dos participantes em aderirem ao concurso.

- PUB -

Na edição deste ano, a loja “Belinha Cabeleireiros”, situada na Rua Henriqueta Gomes Araújo, no Barreiro, conquistou o 1.º prémio, seguindo-se, na segunda posição, o estabelecimento comercial “Faty Lopes – Florista e Decoração”, na Rua Carvalho Araújo, no Lavradio. Já o terceiro prémio foi entregue à loja “Rosa Canela”, situada na Rua Dr. Manuel Pacheco Nobre, na freguesia do Alto do Seixalinho. O município decidiu atribuir um valor monetário aos vencedores do concurso, tendo sido igualmente distinguidas duas montras com o prémio Menção Honrosa: “Sucesso em Comum”, na categoria de originalidade/criatividade, e a “Tricots Brancal”, que arrecadou a distinção relativa à categoria de cores, formas e materiais, ambas instaladas na Rua Eça de Queirós, no centro da cidade.

Em declarações a O SETUBALENSE, o presidente da edilidade fez “um balanço muito positivo” da iniciativa, na medida em que quem aderiu “participa de coração” no concurso. “O que desejamos agora é regressar às actividades normais e já sem pandemia, com outro fôlego”, tendo ficado “muito satisfeito com o número de participantes, porque pensava que neste contexto o número pudesse ter sido inferior”.

As decorações de Natal, frisou, muitas vezes “envolvem um investimento extra” e “temos empresários que todos os anos renovam as suas montras, comprando novas coisas e sabemos que este não é o momento do comércio local fazer grandes investimentos em algo que é passageiro”, disse.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

Festas do Barrete Verde com sardinhada, bailes e toiros em verdadeira largada brava

Um gostam, outros nem por isso, mas o certo é que a vila de Alcochete enche nas Festas do Barrete Verde
- PUB -