21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioDesportoRecorde de assistência no Bonfim não impede derrota e fim do sonho...

Recorde de assistência no Bonfim não impede derrota e fim do sonho da subida

União de Leiria marcou aos 9 minutos e fez o 2-1 final aos 90+3. Mendy apontou tento de honra sadino

 

- PUB -

 

Fim do sonho em Setúbal. Perante 14.089 espectadores, número que permitiu que o Estádio do Bonfim passasse a ser detentor do recorde de assistência da Liga 3, o Vitória viu este domingo o sonho da subida à II Liga esfumar-se, após a derrota, por 1-2, na recepção ao U. Leiria. Os sadinos, que estavam obrigados a ganhar por dois golos de diferença e a esperar que o Braga B não ganhasse à Oliveirense (registou-se uma igualdade, 1-1), viram o seu sonho de chegar ao play-off de subida começar a desfazer-se aos nove minutos, momento em que Kuca inaugurou o marcador para os leirienses.

Apesar do ambiente de festa vivido antes e durante o jogo no Bonfim, os vitorianos levaram um balde de água fria ainda antes dos 10 minutos. Num lance rápido de ataque conduzido por Kikas na direita, o atacante assistiu Kuca que, ao segundo poste, só teve de encostar para o 1-0 dos forasteiros. Os sadinos tentaram reagir ao golo, mas Bruno Almeida (24 minutos), Rúben Gonçalves (34) e Diogo Leitão (43) não foram eficazes nos remates desferidos.

- PUB -

No segundo tempo, o treinador Filipe Moreira lançou Zequinha e Gabriel Lima e os sadinos passaram a acercar-se com mais perigo da baliza adversária. Num desses lances, aos 62 minutos, o Vitória conseguiu chegar ao empate por intermédio de Frédéric Mendy, avançado guineense que deu o melhor seguimento a um livre cobrado por Rúben Gonçalves. O 1-1 provocou uma explosão de alegria no Bonfim, que alimentou a esperança de marcar mais dois golos e fazer a festa no final.

A partir da igualdade, o Vitória passou a atacar com mais homens na tentativa de operar a reviravolta. O U. Leiria aproveitou os espaços deixados no sector defensivo para criar lances de perigo junto à baliza de João Valido. O guarda-redes só não sofreu golo logo porque a pontaria dos homens do Lis não esteve afinada. Exemplo disso são os falhanços de Jair Silva (aos 65 acertou no ferro e aos 85 disparou para as nuvens quando tinha só o guardião sadino pela frente).

Já em tempo de compensação, aos 90+3 minutos, num contra-ataque rápido, Renato Alexandre aproveitou o adiantamento da equipa treinada por Filipe Moreira para concluir uma jogada desenvolvida no flanco direito, fazendo o 2-1. Apesar do desaire, a equipa sadina viu o seu esforço reconhecido pelos adeptos que no final aplaudiram-na pelo esforço feito num duelo em que o oponente – que já tinha vencido os três jogos anteriores realizados entre os dois clubes – que teve mais argumentos para terminar na 2.ª posição.

- PUB -

 

Bonfim homenageia Carriço

 

O público presente no Bonfim homenageou Carriço, antiga glória dos sadinos que faleceu na passada sexta-feira, aos 79 anos de idade. Durante um minuto, nos instantes que antecederam o apito inicial do duelo com os leirienses, os adeptos cumpriram um minuto de silêncio em memória do ex-defesa que representou o Vitória entre 1961/62 e 1974/75. Carriço foi um dos obreiros da conquista da Taça de Portugal de 1967, após triunfo 3-2 na final de 144 minutos com a Académica.

Pelo emblema da sua cidade natal, além de ter participado em muitos dos jogos memoráveis realizados pelo clube nas competições europeias, o defesa fez também parte do plantel de 1971/72, que se classificou no 2.º lugar do campeonato, a melhor posição de sempre do Vitória no escalão principal. Pela Selecção Nacional, Carriço contabilizou três jogos, o primeiro em 1969 e o último em 1972. À família enlutada, O SETUBALENSE endereça as sentidas condolências.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -