23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Presidente da Câmara do Seixal aplaude localização do novo aeroporto em Alcochete

Presidente da Câmara do Seixal aplaude localização do novo aeroporto em Alcochete

Presidente da Câmara do Seixal aplaude localização do novo aeroporto em Alcochete

A proposta da Comissão Técnica vem ao encontro do que a Câmara do Seixal sempre tem defendido

A localização do novo Aeroporto de Lisboa no Campo de Tiro de Alcochete é do agrado da Câmara Municipal do Seixal que considera que a mesma acarreta mais vantagens para o desenvolvimento do País. Esta construção do hub intercontinental é apontada no relatório preliminar da Comissão Técnica Independente (CTI), que foi apresentado na passada semana.

- PUB -

“Esta solução vai ao encontro do que a autarquia do Seixal sempre defendeu”, lembra o presidente da Câmara Municipal. Defende Paulo Silva que a localização da nova infra-estrutura aeroportuária em Alcochete é a que “apresenta mais vantagens para o desenvolvimento da região e do País”. Além disso, “é uma solução de futuro”.

Recorda o autarca que a gestão comunista na Câmara do Seixal sempre foi “firme no chumbo à opção Montijo que o Governo tentou impor, mesmo contrariando os pareceres técnicos negativos”, Perante o ‘afastamento’ pela CTI da opção BA6 no Montijo, para Paulo Silva a conclusão do relatório preliminar é também “uma vitória dos seixalenses”.

Diz ainda que a solução apontada pela comissão responsável pelo estudo da localização do novo aeroporto “já está estudada e validada há cerca de 15 anos”, isto no âmbito da “avaliação ambiental estratégica, elaborada pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil em 2008”.

- PUB -

E salienta: “O concelho do Seixal sempre defendeu que a melhor localização para um novo aeroporto complementar de Lisboa era o Campo de Tiro de Alcochete. Além de outras vantagens, tem poucos impactos ambientais, menores custos de construção, resolve o problema do tráfego aéreo em Lisboa e não afecta de forma negativa a população da margem sul”.

Em nota de Imprensa, a Câmara Municipal de Seixal considera ser “essencial que o novo Aeroporto de Lisboa em Alcochete avance em paralelo com a construção da Terceira Travessia do Tejo rodo-ferroviária, entre Barreiro e Lisboa, a ferrovia de alta velocidade, a ponte Seixal/Barreiro e a continuação da construção do Metro Sul do Tejo”.

O relatório preliminar apresentado na passada terça-feira pela CTI estudou nove opções para localização do novo aeroporto, e destacou como mais viáveis para um hub duas opções: o Campo de Tiro de Alcochete e Vendas Novas, numa primeira fase sempre em opção dual.

- PUB -

Ou seja, o Aeroporto Humberto Delgado + Alcochete e, mais tarde, dentro de cerca de sete a dez anos com o aeroporto único em Alcochete, com duas pistas. A outra opção é Humberto Delgado + Vendas Novas, e posteriormente apenas Vendas Novas.

Depois dos técnicos terem pesado os prós-e-contras, a opção Alcochete venceu, entre outras razões, por apresentar também menos custos com expropriações, comparativamente com Vendas Novas.

A consulta pública do relatório preliminar está decorrer até 19 de Janeiro.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -