23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Câmara da Moita aprova orçamento recorde para o próximo ano

Câmara da Moita aprova orçamento recorde para o próximo ano

Câmara da Moita aprova orçamento recorde para o próximo ano

Investimento fulcral na substituição da rede de saneamento por todo o concelho. Prevista requalificação urbana em vários locais

 

Cerca de 76 milhões milhões de euros é o valor do Orçamento Municipal para 2024 que o executivo camarário da Moita, presidido pelo socialista Carlos Albino, aprovou na última terça-feira. Trata-se do maior orçamento da história do município.

- PUB -

Os documentos previsionais foram aprovados com os votos favoráveis da maioria socialista e a abstenção do vereador independente Ivo Pedaço. A vereação da CDU votou contra.

“Com objectivos estratégicos claros e ambiciosos, este documento de gestão para o próximo ano está assente no princípio básico do cumprimento dos compromissos assumidos perante os cidadãos, com a realização de investimento em vários projectos e obras nas mais diversas áreas”, revela a autarquia, em nota de Imprensa.

De acordo com a informação divulgada, “grande parte do investimento será aplicado no ordenamento do território e [na] reabilitação urbana, com o início dos trabalhos de substituição da rede de saneamento por todo o concelho a ser um ponto fulcral, num investimento de cerca de três milhões de euros”.

- PUB -

A mobilidade representa também “aposta forte”, através da “reconversão e requalificação de vários locais”. Neste âmbito, a edilidade destaca “a obra da Rua S. Sebastião ou o alargamento da Ponte do Matão, na Moita”.

“No ambiente será dada continuidade ao investimento que se iniciou em 2023, com a colocação de contentores enterrados, as chamadas ilhas ecológicas, que irão chegar, a pouco e pouco, a vários locais do concelho”, realça a autarquia, que aponta ainda neste domínio “o alargamento da recolha selectiva de biorresíduos a mercados, restaurantes e cantinas/refeitórios de empresas e instituições”.

A educação é outra das áreas em destaque. A autarquia vai “continuar a apostar na Escola a Tempo Inteiro”, com vista a reforçar o “alargamento da rede de respostas” e vai suportar, pela primeira vez, no próximo ano lectivo, “a oferta dos cadernos de actividades para todos os alunos do 1.º ciclo das escolas públicas” do concelho.

- PUB -

Prevista está também “a continuidade de investimento na recuperação de habitações para renda apoiada”, no âmbito da Estratégia Local de Habitação que a edilidade diz estar “já em marcha”.

A Câmara Municipal assume ainda que “o turismo, virado para o rio mas também para uma vertente sustentável, vai continuar a ser uma forte aposta”. Tal como as áreas de “desporto, juventude e cultura”.

O executivo municipal da Moita é composto por quatro elementos do PS, quatro da CDU e um vereador independente.

O orçamento terá agora de ser submetido a apreciação e votação da Assembleia Municipal, que apresenta 15 membros eleitos pelo PS, 10 pela CDU, 2 pelo Chega, 2 pelo BE e 2 pela coligação PSD/CDS/MPT/PPM/A/PDR.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -