20 Abril 2024, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalMarchas voltam a trazer cor e alegria à cidade com desfile na...

Marchas voltam a trazer cor e alegria à cidade com desfile na Avenida Luísa Todi [fotogaleria]

Milhares saíram à rua este sábado para viverem o momento de apresentação das sete colectividades que participam no certame setubalense

 

- PUB -

O mês de Junho é sinónimo de Marchas Populares e na cidade sadina não é excepção. Este sábado, todos os caminhos levaram à Avenida Luísa Todi, onde as atenções das milhares de pessoas presentes estiveram centradas nas sete marchas que participam na edição deste ano do tradicional certame setubalense (mais uma do que em 2022).

Foi Sara Margarida, a Madrinha das Madrinhas, quem deu início ao cortejo com a interpretação da Grande Marcha ‘Setúbal tem outro encanto’, que tem como tema “O poeta da Arrábida”, em homenagem a Sebastião da Gama.

Já a APPACDM de Setúbal – cuja participação é extraconcurso – fez ‘as honras’ e voltou a garantir o primeiro desfile da noite, ao som do tema “Setúbal dos Laranjais”, interpretado pelos padrinhos Patrícia Rosa e Miguel Assis. De sorriso no rosto e visivelmente empolgados, os 54 elementos surgiram vestidos de preto e com dezenas de laranjas.

- PUB -

A primeira marcha a concurso a desfilar foi a da União Cultural, Recreativa e Desportiva Praiense, que dedica a sua participação no certame ao peixe do Sado e tem Maria João Dias no papel de madrinha.

“Ouro no rio, Prata na terra” foi o tema escolhido para a ocasião, com os visuais dos 60 elementos, feitos em tons de azul, a ficarem completos com adereços ligados ao mar, nomeadamente traineiras, âncoras, conchas e golfinhos.

Em seguida foi tempo de assistir à marcha do Núcleo de Bicross de Setúbal, inspirada no Jardim do Bonfim. Os 77 elementos da colectividade, que surgiram vestidos a rigor, ergueram o símbolo que marca a entrada no jardim situado no coração de Setúbal. “O que é que Setúbal tem, bem juntinho ao coração” foi o tema interpretado pela madrinha Maria do Céu Freitas.

- PUB -

A Avenida Luísa Todi foi depois ocupada pelo Grupo Desportivo Setubalense “Os 13”, cuja participação nos dois desfiles vai ser centrada nos vendedores de flores e nos barbeiros. A madrinha Marlene Couto Ferreira surgiu primeiro e, assim que começou a interpretar o tema “Ai Tesourinha Corta, corta, corta já!”, os 74 elementos deram início à actuação.

Foi ao som de “Isto hoje, vai dar caldeirada!” que os 74 elementos da União Desportiva e Recreativa das Pontes, cujas roupas em tons de azul e laranja transpareceram alegria, desfilaram guiados pelas vozes das madrinhas Carla e Joana Lança. A marcha foi uma das mais aplaudidas da noite.

Eram 23h30 quando o Grupo Desportivo Independente entrou em cena. Os 73 elementos actuaram ao ritmo da madrinha Paula de Melo Cruz, que interpretou o tema “Doce néctar de Azeitão!”. As cores que pintam o Sado foram também as escolhidas pela colectividade.

O Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau, vencedor da última edição do certame, foi a sexta e última marcha a concurso a surgir na Avenida Luísa Todi. Na actuação, realizada em coordenação com o tema “Ai Bairro Santos… tanta recordação a enfeitar cada janela!” na voz da madrinha Ivone Vieira Dias, os 68 membros fizeram-se acompanhar dos típicos tanques de lavar a roupa.

As madrinhas juntaram-se à Madrinha das Madrinhas no final do certame e interpretaram uma última vez a Grande Marcha de Setúbal 2023, dando assim por terminado o desfile de apresentação das Marchas Populares de Setúbal. Já o desfile a concurso acontece no próximo sábado, 24 de Junho, no Pavilhão das Manteigadas.

- PUB -

Mais populares

Cravo humano ‘nasce’ no areal da Praia de Albarquel

Cerca de quatro centenas de trabalhadores da autarquia juntaram-se após uma caminhada de três quilómetros

Cadáver em “avançado estado de decomposição” encontrado na zona da Comporta

Capitão do Porto de Setúbal invocou o segredo de justiça para não avançar pormenores sobre a ocorrência

Peixes e tartarugas mortos recolhidos do lago do Parque da Algodeia

Aumento das temperaturas e exposição solar pode ter alterado qualidade da água. Amostras recolhidas vão ser analisadas em laboratório
- PUB -