29 Novembro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioÚltimasJovem montijense já colhe frutos no mundo dos disc-jockeys

Jovem montijense já colhe frutos no mundo dos disc-jockeys

Afonso Fernandes, conhecido como DJ Aldeano, deixou rendido o júri da recente edição do Young DJ Contest, que conquistou

 

- PUB -

Iniciou-se na arte de “meter” música com 16 anos. Hoje, aos 21, começa a ser reconhecido pelo talento empregue nas sequências musicais que produz. Um talento que já lhe dá frutos. Afonso Fernandes (aka DJ Aldeano) foi o vencedor do Young DJ Contest – concurso promovido pela Câmara Municipal do Montijo para jovens ‘disc-jockeys’ –, cuja final decorreu no passado dia 5, na Sociedade 1.º de Dezembro.

E a conquista ganha até relevância acrescida, se for tida em linha de conta que esta edição do certame foi a mais participada de sempre e que, face à qualidade evidenciada pelos participantes, o júri – composto por GAMIIX; Kiss Kiss Bang Bang; e Noise Tribe – decidiu alargar de três para seis o número de concorrentes a marcar presença na final.

O triunfo acabou assim por ter sabor especial. Redobrado até, já que inicialmente não estava nas cogitações do jovem montijense. “Nunca pensei que poderia lá chegar. Levei muito na cabeça [para participar]. Disseram-me: ‘acredita’, ‘vai’, ‘tu consegues’… e, no fim, aconteceu o 1.º lugar”, confessa Afonso Fernandes, que não esconde os estilos musicais preferidos. “Sempre gostei de tudo um pouco, apesar de a minha onda ser anos 80 e 90, Rock e Pop Rock”, indica.

- PUB -

Um gosto que se entrelaça na paixão de “soltar” música, resultante, em grande parte, de influências familiares. “A paixão surgiu a partir da minha família, que sempre esteve ligada à área musical”, revela. “O meu avô esteve muitos anos ligado às rádios. Esteve na Rádio Impacto, que era do Montijo, e na Rádio Eco, que era em Alcochete. E agora tem um grupo de karaokes, denominado JM Karaokes, onde os elementos são todos da minha família”, conta, para adiantar logo de seguida: “JM vem de José Miguel, que é meu primo, depois [o grupo] tem o meu avô, António Luís [Fernandes], e ainda o Luís Domingos. Daí eu estar ligado à música. Mas tenho um grande amigo, José Guerreiro – mais conhecido por DJ Fuzo –, que também me tem ajudado ao longo do tempo e daí veio mais a minha paixão por querer ser DJ.”

Orgulho em ser aldeano

E juntamente com a paixão vem a dedicação. “Todos os dias estou a trabalhar na música”, afirma Afonso Fernandes, para quem a construção de um ‘set’, ou sequência musical, não tem segredos. “Quanto tempo demora? Depende do tempo da pessoa. Às vezes faz-se no dia, mas só sai dois dias depois ou até muito mais”, admite.

- PUB -

Certo é que esta é uma arte dispendiosa. “Sim, é preciso investir muito em equipamento”, garante. Porém, para produzir um trabalho que permita vencer um concurso como o Young DJ Contest não é necessário tanto. Fundamental é “a pessoa empenhar-se no trabalho e ir tentar”, considera o jovem que, enquanto DJ, sonha em “chegar ao top”. E, de permeio, ter oportunidades de “meter som em festas dos anos 70, 80, 90, e em festas de Rock”.

A finalizar, Afonso Fernandes explica porque adoptou a designação de DJ Aldeano, que apenas pode surpreender quem possa desconhecer a história montijense. “Em representação da minha cidade e pelo que sinto pela minha terra, que é um grande orgulho. Tenho orgulho em ser aldeano [habitante de Montijo, que outrora se designou Aldeia Galega]”, conclui.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos
- PUB -