26 Setembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoEspectáculo na frente ribeirinha marca 'rentrée' do Cinema Teatro Joaquim d' Almeida

Espectáculo na frente ribeirinha marca ‘rentrée’ do Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida

Companhia PIA apresenta “Palaphita” esta sexta-feira no Montijo e promete “transportar” o público para um cenário ‘gigante’

 

- PUB -

Palaphita intitula o espectáculo do grupo PIA (Projectos de Intervenção Artística) que hoje, a partir das 21h30, vai poder ser apreciado na frente ribeirinha da cidade do Montijo. A actuação assinala a “rentrée” do Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida (CTJA).

Com a duração de 50 minutos, esta produção da companhia PIA inspira-se “nas palafitas, suas comunidades piscatórias e contadores de histórias, convidando o público a uma viagem pela vida de um pescador em busca do seu lugar, por porto, terra, rio e mar”, explica a Câmara Municipal do Montijo.

Neste espectáculo, adianta a autarquia, “o corpo dá voz à história num universo caricaturado pela desproporção e gigantismo das formas animadas, assumindo o papel camaleónico do manipulador/actor que lhes dá vida”. De acordo com a sinopse, o público vai ser “transportado” para um lugar simbólico, na margem entre o real e o imaginário, onde vão emergir construções palafíticas suspensas entre pernas de pau e ataduras provisórias, que “contam as histórias de uma pequena comunidade migratória, unida na incessante procura pelo sinal exterior que a humanidade desde sempre almejou”.

- PUB -

A interpretação vai estar a cargo de Ana Andrade, Catarina Mota, Helena Oliveira, Sandra Gameiro e Tiago Augusto. A instalação artística e encenação é da autoria de Pedro Leal. O espectáculo já passou por Moita e Seixal, entre outros locais, e será também apresentado este sábado no Barreiro.

Marionetas em palco amanhã

A nova temporada do CTJA prossegue amanhã, sábado, a partir das 16h30, com a apresentação da peça teatral intitulada “Na Floresta”, a cargo do grupo Marionetas do Porto. O espectáculo, com entradas gratuitas, realiza-se no âmbito do Festival Manobras, promovido pela Artemrede em conjunto com os seus municípios associados.

- PUB -

A peça retrata “uma viagem pelas noites de uma menina que volta sempre ao mesmo lugar”, desvenda a autarquia montijense, que levanta ainda um pouco mais do véu sobre a personagem principal. “[A menina] Vagueia na floresta sem medo da luz da noite. Ao lado dos seus amigos, tropeça em segredos e estórias que ainda não foram contadas. Noite após noite. Onde o tempo não tem lugar”. A interpretação do grupo Marionetas do Porto vai assim dar a conhecer “um mundo mágico, no qual os mais pequenos vão percorrer sonhos como se fossem tão leves como o sopro do vento”.

“Na Floresta” é uma co-produção entre Marionetas do Porto e Museu da Marioneta. Os interessados devem levantar ingressos na bilheteira do CTJA.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos
- PUB -