30 Novembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoUnidade de Saúde Familiar Aldegalega abre portas na próxima quinta-feira

Unidade de Saúde Familiar Aldegalega abre portas na próxima quinta-feira

Inauguração oficial fica para mais tarde. Novo equipamento deve abranger 13 mil utentes. Apenas dois de sete médicos vêm de fora

 

- PUB -

A nova Unidade de Saúde Familiar (USF) Aldegalega, instalada no recinto do Hospital do Montijo, vai abrir portas no próximo dia 15 (quinta-feira).

Esta é a data apontada na agenda da tutela para a entrada em funcionamento do equipamento, apurou O SETUBALENSE junto de fonte ligada ao processo. Mas a inauguração da infra-estrutura “com pompa e circunstância” fica reservada para mais tarde, em data ainda a definir, disse a mesma fonte.

A instalação da USF Aldegalega numa área da unidade hospitalar montijense onde chegou a funcionar o serviço de medicina interna – o que implicou a execução de obras de requalificação do espaço – representou um investimento de cerca de 750 mil euros (o custo inicial previsto não ultrapassava o meio milhão de euros).

- PUB -

Em resposta a um conjunto de questões colocadas por O SETUBALENSE em Fevereiro último, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) estimou que o equipamento venha a dar resposta a um universo de cerca de 13 mil utentes. E, em termos de recursos humanos, deverá contar com “uma equipa composta por sete médicos, sete enfermeiros e cinco assistentes técnicos”, adiantou então a ARSLVT.

Todavia, a maioria dos clínicos (cinco) e dos enfermeiros (outros cinco) transitam do actual Centro de Saúde do Montijo, localizado na Avenida Luís de Camões. Ou seja, apenas dois dos sete médicos e dois dos sete enfermeiros, que irão integrar a nova USF Aldegalega, virão de fora, confirmou Miguel Lemos, director executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Arco Ribeirinho, em declarações proferidas a O SETUBALENSE no passado mês de Abril.

Ainda assim, com a abertura do novo equipamento, a tutela espera reduzir em mais de 3 500 o número de utentes sem médico de família no Montijo.

- PUB -

Até Dezembro Mais de 25 mil sem médico de família

Até ao final deste ano, vão ser mais de 25 mil os utentes do actual Centro de Saúde do Montijo, de entre um total de cerca de 33 milhares, sem médico de família. O crescimento do número – denunciado pelo vereador João Afonso (PSD) e confirmado por Miguel Lemos no início de Abril último – é explicado pela aposentação prevista de três dos 12 médicos que têm prestado serviço naquela unidade. “As ausências deverão ser colmatadas com a abertura de vagas para médicos recém-especialistas nos próximos concursos”, disse então o responsável pelo ACES Arco Ribeirinho. À data, o Centro de Saúde do Montijo tinha cerca de 20 900 utentes sem médico de família, de acordo com o Registo Nacional de Utentes.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos
- PUB -