28 Novembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoCidade decorada de amarelo e verde para festejar 500 anos de história

Cidade decorada de amarelo e verde para festejar 500 anos de história

El Rei D. Manuel I visita Aldeia Galega no próximo sábado. A Feira Quinhentista já entrou em contagem decrescente

 

- PUB -

A principal praça da cidade montijense “acordou” ontem “vestida” de amarelo e verde, as cores do município. As tarjas, decoradas ao centro com a Cruz de Santiago, e as bandeirinhas – algumas de diferentes tonalidades – indiciam que já se entrou em contagem decrescente para a realização de mais uma edição, a sétima, da Feira Quinhentista de Aldeia Galega.

O certame, que visa assinalar “as comemorações da atribuição do foral novo a Aldeia Galega, no âmbito da reforma promovida por D. Manuel I”, arranca esta sexta-feira e estende-se até ao próximo domingo. Ontem, a Praça da República já exibia, a par da ornamentação festiva, várias bancas que vão albergar “mercadores” e disponibilizar os produtos alusivos a épocas distantes, numa tentativa de recriação histórica que tem feito sucesso desde a primeira edição do evento na comunidade.

Da parte da Câmara Municipal do Montijo as expectativas são elevadas – para trás que ficam as restrições ditadas por uma conjuntura pandémica, ainda não ultrapassada, mas agora não impeditiva da realização do certame. A autarquia, entidade promotora da iniciativa em conjunto com a associação AliusVetus, espera uma afluência de milhares de pessoas durante os três dias das celebrações, conforme admitiu na passada semana José Manuel Santos, vereador responsável pela pasta da Cultura, em declarações a O SETUBALENSE. E, para o efeito, muito irá contribuir a vasta programação de actividades, envolta num cenário que até há poucos anos só podia ser vislumbrado em ficções projectadas no grande ecrã ou na TV.

- PUB -

A animação será uma constante e logo após a abertura do evento haverá arruada com Alcaide, Batucando, Gilteatro, Grupo de Danças Antigas, Jograis del Rei, Kinessis, Saltimbanco da Charneca… e uma visita do Meirinho (oficial de justiça) às tendas dos mercadores, acompanhado por nobres e donzelas. Demonstrações de voo livre de aves de rapina, teatro de rua e espectáculo de fogo são atractivos para o primeiro dia. El Rei D. Manuel I só será recebido no sábado e haverá cortejo de cavaleiros, combates apeados e a cavalo na liça improvisada. Só no domingo, a partir da meia-noite, é que o centro da cidade regressará ao Século XXI.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

“Tenho a vida completamente destruída”

Os relatos dos funcionários da Palvidas, que mesmo sem ordenados aparecem no trabalho por apreço aos doentes que transportam
- PUB -