9 Agosto 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalAndré Martins quer Parque de Sant’Iago ao serviço da população durante todo...

André Martins quer Parque de Sant’Iago ao serviço da população durante todo o ano

Feira de Sant’Iago foi inaugurada na sexta-feira, e este ano com um gostinho muito especial

 

- PUB -

Após dois anos de interregno, a Feira de Sant’Iago regressou às Manteigadas para celebrar o reencontro da comunidade sadina. Na abertura da feira, que tem, este ano, “um sabor muito especial”, esteve presente André Martins, presidente da Câmara Municipal de Setúbal, o restante executivo, e presidentes de juntas de freguesia do concelho.

André Martins aproveitou para anunciar que a Câmara está a trabalhar para que o Parque Sant’Iago seja assumido como um parque urbano colocado ao serviço da população durante todo o ano.

“A abertura da feira deste ano tem um sabor muito especial. O sabor da alegria, do reencontro de amigos e da liberdade de movimento que recuperámos após dois anos de restrições e confinamentos”, sublinhou o edil sadino na cerimónia de abertura da Feira de Sant’Iago 2022.

- PUB -

A cumprir 18 anos da mudança do certame do centro da cidade para o Parque Sant’Iago, nas Manteigadas, André Martins relembrou os motivos que levaram à alteração do local da feira e que ainda são ponto de discórdia entre a população.

“Coube-me, em 2004, conduzir o processo de mudança do certame para este espaço, em resultado da necessidade de avançarmos com as obras de qualificação da Avenida Luísa Todi. Seria impossível para o funcionamento da avenida e da cidade manter ali este evento, que implicava o encerramento de um dos principais eixos viários de Setúbal por, praticamente, um mês”.

Isto, “além das enormes dificuldades causadas pelo estacionamento desordenado e caótico de milhares de viaturas por toda a zona urbana circundante, devido à feira”, justificou o presidente.

- PUB -

“Poderá haver quem pense que nem se deveria fazer a feira. Quem pense que são demasiados dias ou até que são poucos dias. Hoje, o que importa, é estarmos aqui uma vez mais a cumprir este velho e bom hábito de no fim de Julho vir à feira”, referiu André Martins.

Num ano de incertezas causadas pela pandemia da covid-19, o autarca celebrou a abertura de uma feira que considera “uma peça central da identidade sadina” e o resultado “do esforço pela sua renovação e valorização, respeitando sempre a tradição que representa.”

O presidente garantiu ainda “estar a trabalhar para que o Parque Sant’Iago se transforme e seja assumido pelas populações como um verdadeiro parque urbano da cidade que possa ser usufruído durante todo o ano”.

Após a intervenção que abriu oficialmente a Feira de Sant’Iago 2022 e um apontamento de cénico protagonizado pelo Teatro Animação de Setúbal, André Martins, o restante executivo municipal e os presidentes das cinco juntas de freguesia do concelho fizeram a tradicional visita pelo recinto, que teve início no espaço expositivo da Câmara Municipal de Setúbal, localizado na Entrada 1, a principal do Parque Sant’Iago.

O espaço, dedicado ao tema “Praias – Passado, Presente e Futuro” revela os motivos pelos quais Albarquel, Figueirinha, Galapos e Galapinhos, Creiro e Portinho da Arrábida são reconhecidas e elogiadas pelas suas condições de usufruto.

O evento, de entrada livre, a decorrer até 7 de Agosto, está aberto ao público de segunda a quinta-feira, das 18h00 à 01h00, na sexta-feira até às 02h00, ao sábado das 16h00 às 02h00, encerrando à 01h00 ao domingo.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -