19 Maio 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalLinha de Apoio de Setúbal recebe num mês pedidos de ajuda para...

Linha de Apoio de Setúbal recebe num mês pedidos de ajuda para mais de 160 ucranianos

Foram igualmente estabelecidos perto de uma centena de contactos com disponibilidade para doações e ofertas

 

- PUB -

No espaço de um mês, chegaram à Linha Municipal de Apoio a Refugiados (LIMAR), criada pela Câmara de Setúbal, pedidos referentes a mais de 160 ucranianos afectados pela guerra, assim como recebeu perto de uma centena de contactos com disponibilidade para doações e ofertas.

Câmara Municipal de Setúbal diz ter condições para acolher 25 pessoas

O balanço é feito pela autarquia sadina, que, através de comunicado, explica que nas primeiras quatro semanas “a linha recebeu 69 processos de pedidos de apoio, em contexto de atendimento presencial por técnicos municipais, para 163 pessoas em situação de refugiados, incluindo 68 crianças, a maioria alojada em casa de amigos e familiares”.

Dos processos recebidos, “56 foram referenciados para apoio da Segurança Social, 29 foram encaminhados para o Instituto do Emprego e Formação Profissional e 13 para o Agrupamento dos Centros de Saúde Arrábida”.

- PUB -

A funcionar desde 7 de Março, a partir de um gabinete localizado no Mercado do Livramento, a LIMAR tem recebido maioritariamente “pedidos de apoio para bens alimentares, assegurados directamente pela Câmara Municipal de Setúbal ou com recurso a bens doados, bem como pela APPACDM”.

Foram já “atribuídos duas dezenas de cabazes através da Linha Apoio Municipal Bens Essenciais”, sendo que o município salienta “a oferta de uma centena de cabazes de bens alimentares essenciais e de produtos de higiene pelo Pingo Doce, assim como de 500 euros em produtos frescos”.

O vestuário, por sua vez, “tem sido doado pela LATI, Associação Baptista Shalom, Cáritas Diocesana, Liga Portuguesa de Combate ao Cancro, lojas sociais da União das Freguesias de Setúbal, SOS Bebé, Associação de Socorros Mútuos Setubalense e cooperativa SEIES”, enquanto o Grupo Auchan “ofereceu 150 euros em artigos de roupa íntima”.

- PUB -

Além disso, a Linha Municipal tem procedido ao “encaminhamento de pessoas para cursos de português não certificados, disponibilizados na Associação de Solidariedade Social de Professores”.

Pousada da Juventude com dois refugiados instalados

Na Pousada da Juventude, por sua vez, estão instaladas duas pessoas em situação de refugiados. Das quatro dezenas de cidadãos que chegaram a Setúbal no passado dia 28 de Março, apenas duas famílias ficaram alojadas na cidade, sendo que “as restantes seguiram para outros concelhos, por opção ou porque já vinham com essa referenciação”.

Além disso, a autarquia tem “actualmente condições para acolher 25 pessoas em equipamentos municipais” e, caso “o concelho seja definido como mais um local para Centro de Acolhimento de Emergência, o município está disponível para adaptar outros espaços já identificados e que terão condições para o acolhimento de cerca de uma centena de pessoas”.

A Câmara Municipal de Setúbal revela igualmente estar “em contacto estreito com outras entidades envolvidas no processo, como o SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, o Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal e o Instituto do Emprego e Formação Profissional, bem como com associações que trabalham com a comunidade de imigrantes de leste residente no concelho”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -