21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalAlmadaComunidade de Cacilhas junta-se para celebrar centenário de Dona Barbicha

Comunidade de Cacilhas junta-se para celebrar centenário de Dona Barbicha

Os moradores aliaram-se à Santa Casa da Misericórdia de Almada e ao executivo da Junta de Freguesia para garantir que a idosa tinha um dia memorável

- PUB -

Apagar três velas, com um e dois zeros, num bolo de aniversário é acontecimento raro, e os moradores da Rua Cândido dos Reis, em Cacilhas, quiseram garantir que o centenário de Bárbara Gertrudes, comemorado a 2 de Abril, não era esquecido.

Centenas de pessoas esperavam ansiosamente a chegada de Dona Barbicha, como é conhecida entre amigos, que rompeu a multidão na sua cadeira de rodas e sorriu emocionada com a presença de toda a vizinhança e amigos.

Alentejana, natural da aldeia de Corte de Pinho, concelho de Mértola, desde 2005 que escolheu a cidade de Almada para viver. A simpatia e a boa disposição que ainda hoje traz no rosto tornam-na acarinhada entre os moradores que têm garantido que não se torna prisioneira da solidão.

- PUB -

“É uma senhora encantadora que cativa todos à sua volta”, declara Tiago Salvado, morador de Cacilhas e um dos responsáveis pela festa. Para não deixar passar a data em branco, convidou a Santa Casa da Misericórdia de Almada a aliar-se à comemoração, garantindo que a música ficava sob a responsabilidade da Tuna Académica da Faculdade de Ciência e Tecnologia e de um grupo de cantares regional.

Já a aniversariante não poderia ter ficado mais satisfeita. Ainda que com mobilidade reduzida, cantou, dançou e contrariou a idade apresentada no cartão de cidadão. “Gostei muito do que me fizeram e gosto muito dos meus amigos. Não tenho ninguém, mas tenho muita gente”, assinala.

Viúva e sem familiares por perto, Dona Bárbara depende inteiramente dos moradores para ter acesso às mercearias e medicamentos necessários; são amigos que nunca se recusam a ocupar o seu tempo com a vizinha carinhosa.

- PUB -

 Amigos improváveis

Flávio Figueiredo é uma das pessoas a quem a Dona Barbicha apelida de “filho”. Vive os seus dias entre o trabalho num restaurante na Rua Cândido dos Reis e a casa da sua “amiga improvável” e já não consegue imaginar a vida sem esta rotina.

“Todos os dias lhe levo o almoço, vamos dar um passeio e paramos para ela comer um doce. Sim, porque é muito gulosa”, conta. “Cada vez que tenho de tomar decisões, penso sempre nela em primeiro lugar. Se algum dia tiver de sair de Cacilhas, levo-a comigo. Não consigo imaginar a minha vida sem ela”, revela emocionado.

A idade avançada da alentejana é compensada pela lucidez da qual se pode gabar. “Sabe muito bem o que quer e quando quer”, sublinha Flávio Figueiredo. “Quando está sozinha, vai fazendo as suas tarefas domésticas com cuidado e nunca deixa de estar apresentável para receber os amigos”.

A vivacidade de Dona Bárbara também encantou a presidente da União de Freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas, Maria D’Assis, que garantiu ser de louvar “quem encontra força e saúde na solidariedade de outros”.

A centenária, habituada a elogios, sorri humildemente e, no fim da festa deixou um aviso a todos os presentes: “Diverti-me muito. Para o ano, quero-vos todos cá outra vez”.

 

Dona Bárbara concretiza sonho com ida à televisão

 

A preparação da festa surpresa foi apenas a primeira etapa de um aniversário inesquecível. Com o filho e neto institucionalizados com problemas psicológicos, Bárbara Gertrudes guarda o sonho de marcar presença num programa televisivo para que os familiares a possam ver da instituição onde se encontram, desejo que está mais perto de concretizar do que imagina.

Tiago Salvado e amigos próximos agilizaram contacto com a produção do programa “A Nossa Tarde”, apresentado por Tânia Ribas na RTP1 e garantem que a senhora idosa irá estar no ar na sexta-feira, 8 de Abril, acompanhada do amigo Flávio Figueiredo. Por enquanto, o segredo mantém-se para a aniversariante.

“Nesta idade, temos de ter cuidado com as surpresas, então vamos contar a novidade o mais próximo da data possível. É algo que a Dona Bárbara espera há alguns anos e eu prometi-lhe que o faria, assim que celebrasse os 100 anos”, explica o responsável pela festa.

 

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -