18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalMoitaGNR apreende 56 armas na Moita mas deve devolver 54 a suspeito

GNR apreende 56 armas na Moita mas deve devolver 54 a suspeito

Esta será a segunda vez que as armas são apreendidas ao suspeito no âmbito de crime de ameaça. Na primeira, estas foram devolvidas ao homem que é coleccionador e caçador

- PUB -

Militares da GNR apreenderam 56 armas de fogo que um homem de 46 anos tinha em casa na Moita, mas deve devolver 54 ao suspeito que apresentou documentos, manifesto e livretes a comprovar a legalidade das armas. A operação decorreu no âmbito de um processo de ameaça que envolvia o suspeito, detido durante a acção.

Em comunicado divulgado esta terça-feira, a GNR revela que cumpriu um mandado de busca domiciliário na casa do suspeito na passada sexta-feira, onde apreendeu 28 caçadeiras, oito carabinas, quatro pistolas, duas espingardas semi-automáticas, dois revólveres, uma besta, uma soqueira, três armas de pressão de ar, três armas de Airsoft, quatro armas brancas e 1 789 munições de vários calibres. Apenas duas das 56 armas são consideradas ilegais, uma soqueira e uma besta, bem como munições que são proibidas.

A detenção do homem foi efectuada pelo Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Montijo.

- PUB -

Esta será a segunda vez que as armas são apreendidas ao suspeito no âmbito de crime de ameaça. Na primeira, estas foram devolvidas ao homem que é coleccionador e caçador. Apresentou manifestos e livretes que comprovam a legalidade das armas, o mesmo procedimento que fez desta vez.

O suspeito foi constituído arguido por crime de ameaça e libertado pelo Ministério Público, com Termo de Identidade e Residência, enquanto a investigação prossegue.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -