20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalD. Armando Esteves Domingues é apontado como novo Bispo de Setúbal

D. Armando Esteves Domingues é apontado como novo Bispo de Setúbal

Bispo Auxiliar do Porto na mira para suceder a D. José Ornelas. Até lá, obrigações são assumidas pelo Padre José Lobato

 

- PUB -

D. Armando Esteves Domingues é apontado como uma forte possibilidade para suceder a D. José Ornelas e se tornar o quarto Bispo de Setúbal. O nome do actual Bispo Auxiliar do Porto está, assim, na mira para passar a ocupar a função que se encontra vaga na Diocese de Setúbal desde o passado dia 28 de Janeiro, apurou O SETUBALENSE.

D. Armando Esteves Domingues nasceu a 10 de Março de 1957 na freguesia de Oleiros, em Castelo Branco. De terras albicastrenses partiu, após concluir o exame da antiga quarta classe, para Viseu, onde ingressa no Seminário Menor de São José, em Fornes de Algodres, em Outubro de 1967.

Já em Junho de 1980 termina o Curso de Teologia dos Seminários no Seminário Maior de Viseu, sendo que no mês seguinte, e até Outubro de 1981, realiza um estágio pastoral em Roma. Nesse mesmo ano, em Novembro, é ordenado Diácono quando regressa à Diocese e Presbítero em Janeiro do ano seguinte, na Sé Catedral de Viseu.

- PUB -

Em Maio, ainda de 1982, é nomeado pároco de S. Martinho das Moitas, Gafanhão e Covas do Rio e, em Outubro de 1983, assume a paroquialidade de Reriz, nos concelhos de S. Pedro do Sul e Castro Daire. Começa a frequentar o Curso de Capelães Militares em Setembro de 1984.

Passados três anos regressa à Diocese, onde é nomeado em Outubro como Membro do Conselho Presbiteral, lugar que ocupa até hoje. Volvidos dois anos torna-se pároco “in solidum” de Torredeita, Boaldeia e Farminhão do Arciprestado de Viseu 1 e assume responsabilidades pastorais em Caparrosa e Queira, do conselho de Tondela e Vouzela.

Em Novembro de 2004 é nomeado Ecónomo Diocesano, função ocupada até Julho de 2015, ano em que se torna Vigário-Geral da Diocese de Viseu. A 27 de Outubro de 2018 é nomeado pelo Papa Francisco como Bispo titular de Centenaria e Auxiliar do Porto, estando actualmente na calha para suceder a D. José Ornelas na Diocese de Setúbal.

- PUB -

Diocese de Setúbal em “Sede Vacante” desde 28 de Janeiro

A Diocese de Setúbal está em “Sede Vacante” desde o dia 28 de Janeiro, termo que se aplica para o período que decorre desde a morte ou renúncia de um Papa até à eleição do seu sucessor.

Enquanto não for nomeado novo Bispo de Setúbal, o governo compete ao Colégio dos Consultores, que elegeu o Padre José Lobato como Administrador Diocesano de Setúbal. Significa isto que todas as obrigações do Bispo são por si assumidas, na sequência da transferência de D. José Ornelas para a Diocese de Leiria-Fátima.

O anterior Bispo de Setúbal sucedeu a D. Gilberto Canavarro dos Reis. A saída de D. José Ornelas de Setúbal representa um acontecimento inédito na Diocese sadina, na qual D. Manuel Martins e D. Gilberto Canavarro dos Reis, os dois bispos antecessores, ocuparam o cargo até à renúncia por motivos de idade.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -