17 Maio 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalAlmadaFalcão da Charneca voa à chuva e vence GP da Indonésia

Falcão da Charneca voa à chuva e vence GP da Indonésia

Miguel Oliveira partiu do sétimo lugar da grelha de partida, e à quarta volta já liderava para nunca mais perder a dianteira

 

- PUB -

O piloto da Charneca de Caparica, Almada, Miguel Oliveira venceu hoje o Grande Prémio da Indonésia de MotoGP, em Mandalika.

“A Portuguesa” ouviu-se hoje às 9h06, de Portugal, depois do piloto da KTM ter dominado toda uma corrida que esteve quase para não se realizar devido à chuva e trovoada, mas os pilotos acabaram por entrar em pista com 01h15 de atraso em relação à hora prevista.

Miguel Oliveira saiu do sétimo lugar da grelha de partida, e à quarta volta já liderava para nunca mais perder o lugar, isto depois de ter ultrapassado o campeão do mundo Fabio Quartararo (Yamaha) e Jack Miller (Ducati), especialista de corridas à chuva.

- PUB -

Para trás, logo à segunda volta, já tinham ficado Jorge Martín, Johann Zarco, Brad Binder, Enea Bastianini e Francesco Bagnaia.

Rapidamente se distanciou na casa dos 3 segundos de Jack Miller, e veio a terminar perseguido, mas a distância segura, por Quartararo que a cinco voltas do fim ultrapassou Miller. O francês ficou em segundo lugar a 2,205 segundos do “Falcão”, e em terceiro, o também francês Johann Zarco (Ducati) a 3,158 que relegou Miller para o 4.º lugar.

Miguel Oliveira que dedicou a vitória à sua filha, nascida recentemente, e a um trabalhador do hotel onde esteve, comentou que a corrida foi “emocionante (…) o arranque foi perfeito, mas no molhado é difícil de julgar o estado da pista. Segui o Jack por algum tempo, mas percebi que podia ir mais rápido. Ultrapassei-o, dei o máximo e construí uma vantagem. Não foi fácil. Os últimos meses foram difíceis para mim, por isso voltar assim, com esta vitória incrível é muito emotivo”.

- PUB -

E no final da corrida revelou que tinha prometido à filha que lhe levaria um troféu da Indonésia. “Aqui tens, filha”. E acrescentou: “Quero dedicar também o pódio a funcionário onde estou. Tem-me apoiado, tem sido muito simpático, e como prometido dedico-lhe a vitória”.

Agora, o “Falcão” vai para a Argentina: “Vamos manter o nível, mas por agora estou feliz por estar no pódio”, disse.

Esta foi a 4.ª vitória que Miguel Oliveira consegue a correr em MotoGP, e o 16.º pódio. A vitória no traçado de Mandalika coloca-o no 4.º lugar da classificaçáo geral do campeonato de MotoGP.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -