20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoMontijo “transforma” Montiagri em centro de recolha de bens para apoiar Ucrânia

Montijo “transforma” Montiagri em centro de recolha de bens para apoiar Ucrânia

Associações e Escola Secundária Jorge Peixinho promovem acções de solidariedade. Material vai seguir para o Leste da Europa

 

- PUB -

Despertou e cresce a cada dia que passa a onda de solidariedade e apoio ao povo ucraniano. No Montijo, autarquias, associações, Escola Secundária Jorge Peixinho, empresas e populares têm lançado acções de recolha de bens para ajudar as vítimas da invasão russa.

Muito do material conseguido seguiu ontem viagem, com destino ao Leste da Europa. Mas toda a ajuda é pouca e as iniciativas continuam a decorrer.

A Câmara Municipal do Montijo anunciou, esta quinta-feira, que se encontra “a colaborar com a Associação Oficial ‘Ukrainian Refugies UAPT’ na ajuda à população ucraniana, integrando uma rede solidária de apoio à Ucrânia”.

- PUB -

E disponibilizou à referida associação – “uma organização não governamental que presta assistência a pessoas temporariamente deslocadas da Ucrânia devido à guerra” – as instalações do antigo restaurante Montiagri, que funcionará a partir de agora “como ponto fulcral de acolhimento dos bens”.

Entre os bens necessários, a autarquia destaca “os artigos de saúde, de higiene, de enfermagem, alimentação e agasalhos”.

- PUB -

Este centro de recolha funciona todos os dias das 9 às 21 horas e a expectativa passa por angariar a maior quantidade possível de bens, como “cobertores, sacos-cama, alimentos não perecíveis, alimentação infantil, fraldas e produtos de higiene, produtos de enfermagem (álcool, algodão, ligaduras e compressas, fita adesiva, luvas cirúrgicas), produtos de limpeza, pilhas e lanternas”.

Escola e associações lançam ajuda

Também envolvida em missão solidária está a Escola Secundária Jorge Peixinho, que agendou uma iniciativa de apoio, intitulada “Pela Paz na Ucrânia e no Mundo”, para a próxima segunda-feira, 7, a partir das 10 horas.

“O evento visa simbolicamente abraçar todos os nossos alunos ucranianos e respectivas famílias, com uma concentração nos campos desportivos da escola. Faremos 1 minuto de silêncio em memória dos que já perderam a vida nesta guerra hedionda. Depois, será tocado o hino nacional da Ucrânia e de seguida será largado um balão branco com uma mensagem de paz”, revelou Sandra Nóbrega, professora naquele estabelecimento de ensino.

A iniciativa, adianta a docente, “marca também o arranque de uma campanha solidária de recolha de bens, como meias de aquecimento, sacos-cama, cobertores/edredons e medicamentos para kits de primeiros socorros (betadine, compressas, soro fisiológico e luvas cirúrgicas)”. Os bens recolhidos serão também entregues à Associação “Ukrainian Refugees UAPT”.

Ontem, já foram enviadas do Montijo remessas de bens doados que serão transportados em camião para a Ucrânia. A Junta da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro procedeu a recolhas na terça e quarta-feira. Os bens foram entregues na Junta de Arroios, Lisboa, que tem a decorrer uma campanha solidária em parceria com a comunidade ucraniana. Tiago Correia, fadista montijense, foi uma das personalidades que participou na acção.

O Lions Clube do Montijo e a União Mutualista Nossa Senhora da Conceição foram algumas das várias associações que também lançaram acções a angariação de bens para enviar para o território ucraniano.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -