5 Julho 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaTrabalhadores do parque industrial da Autoeuropa prometem manter luta nas negociações salariais

Trabalhadores do parque industrial da Autoeuropa prometem manter luta nas negociações salariais

Em cima da mesa, além de aumentos salariais, estão mais regalias sociais, redução da precariedade e criação de mais e melhores postos de trabalho

A coordenadora das comissões de trabalhadores do Parque Industrial da Autoeuropa sublinhou que as próximas semanas vão ser intensas em decisões e negociações, prometendo que os trabalhadores vão manter a luta por melhores condições de trabalho e aumentos salariais.

- PUB -

“As próximas semanas serão intensas nas decisões e nas negociações”, afirma a coordenadora das comissões de trabalhadores em comunicado, sublinhando que, perante o actual contexto, “deve estar presente em todas as negociações um aumento salarial que tenha em consideração ganho efectivo de aumento salarial”.

Classificando de “marco importante” as informações veiculadas pela Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa da assinatura de um pré-acordo que será votado no final da semana, a coordenadora das comissões de trabalhadores do parque industrial afirma a importância de se tomar posição relativamente a um conjunto de matérias que passam pela melhoria das condições de trabalho e regalias sociais, pela manutenção do emprego e redução da precariedade ou ainda pela criação de mais e melhores postos de trabalho.

“Perante estas condições e tendo em consideração que, sendo a Autoeuropa o barómetro para a maioria das empresas, principalmente as que dependem em exclusivo da sua produção, é importante que quaisquer que sejam os efeitos das suas decisões terão sempre repercussão na maioria dos trabalhadores”, lê-se no comunicado.

- PUB -

“Mantemos a nossa luta por um complexo industrial forte, com melhorias nas condições de trabalho e aumentos salariais”, vincam os trabalhadores no texto, salientando a importância, a par do referido pré-acordo, da informação sobre a vinda de um novo modelo para ser produzido na fábrica de Palmela.

Num plenário realizado no final da semana passada os trabalhadores da Autoeuropa discutiram um novo pré-acordo laboral que prevê aumentos salariais de 2% nos próximos dois anos, com um mínimo de 25 euros este ano e 30 euros em 2023.

Num comunicado divulgado antes desse plenário, a Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa revelava que o novo pré-acordo laboral para vigorar em 2022 e 2023, alcançado na semana anterior, seria apreciado em diversas reuniões plenárias, estando a votação prevista para quinta e sexta-feira próximas.

- PUB -

A Comissão de Trabalhadores adiantava ainda que o pré-acordo laboral prevê a manutenção do quarto turno e a possibilidade de um máximo de 44 ‘down-days’ (dias de não produção, mas que são pagos na íntegra aos trabalhadores) face à previsível falta de semicondutores, que, no ano passado, obrigou a várias paragens de produção na fábrica de automóveis instalada no concelho de Palmela.

Baixa de produção prevista

Para este ano, a Autoeuropa prevê produzir menos 53 mil veículos face à capacidade da fábrica de Palmela, não pela falta de encomendas, mas pela falta de semicondutores, situação que afecta toda a indústria automóvel desde o início da pandemia de covid-19.

Apesar das dificuldades do mercado automóvel, o pré-acordo laboral da Autoeuropa não só garante aumentos salariais de 2% em 2022 e 2023, como também prevê a criação de mais um escalão – letra G –, que permite aos trabalhadores que já estão no topo de carreira (letra F) beneficiarem de mais um aumento de 2%.

Está ainda previsto que as duas pausas diárias de sete minutos passem para dez minutos, o que significa que os trabalhadores vão ter mais seis minutos diários de descanso durante o período de trabalho.

De acordo com a Comissão de Trabalhadores, no âmbito do pré-acordo, a fábrica de Palmela da Volkswagen também se compromete a repor os valores deduzidos do prémio por objectivos aos trabalhadores que estiveram de baixa por estarem infectados com o vírus da covid-19 ou que ficaram em casa a acompanhar os filhos durante os períodos de encerramento das creches e das escolas.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Programa Festas Populares São Pedro Montijo 2022

Consulte o programa na íntegra das Festas Populares de São Pedro, que arrancam na terça-feira (28 de Junho)

PSP deteve em flagrante homem a furtar catalisadores

Dono de uma das viaturas alertou a PSP, que conseguiu interceptar o indivíduo no local

Morte da menina de três anos vítima de maus-tratos provocada por mais de 50 pancadas

Autópsia a Jéssica Biscaia revela deslocamento do crânio e lesões internas fatais. Mãe pode vir a ser constituída arguida
- PUB -