20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalOdemiraQueda de falésia mata homem na Zambujeira do Mar

Queda de falésia mata homem na Zambujeira do Mar

Vítima estava a pescar no local. Alerta foi dado por outro pescador. Óbito foi declarado no porto da Barca, para onde o corpo foi transportado depois de ter sido retirado da água

 

- PUB -

Um homem, de nacionalidade tailandesa, morreu ao final da tarde deste sábado, na sequência de uma queda de uma falésia na Zambujeira do Mar, concelho de Odemira.

A vítima estaria a pescar no local e, alegadamente, caiu da falésia, revelou a Autoridade Marítima Nacional (AMN), ao mesmo tempo que adiantou que o corpo foi “encontrado e recuperado” após “um alerta recebido pelas 18h53”. O alerta foi dado por “um pescador que se encontrava no local” e que “informou que a vítima teria caído de uma falésia”. E “foram de imediato activados para o local os elementos da Estação Salva-vidas de Sines e do Comando-local da Polícia Marítima de Sines”.

Ainda de acordo com a AMN, “o corpo da vítima, de nacionalidade tailandesa, foi retirado da água pelos elementos da Estação Salva-vidas e transportado para o porto da Barca, onde foi declarado o óbito pela Delegada de Saúde”. Para o local deslocaram-se também elementos da Cruz Vermelha de Colos e dos Bombeiros Voluntários de Odemira.

- PUB -

“O corpo foi posteriormente transportado pelos elementos da Cruz Vermelha de Colos para o Gabinete de Medicina Legal do hospital de Beja”, informou a AMN, a concluir. A Polícia Marítima de Sines tomou conta da ocorrência.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas
- PUB -