28 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSinesAlargado perímetro das buscas para encontrar pescador desaparecido ontem em Sines

Alargado perímetro das buscas para encontrar pescador desaparecido ontem em Sines

As buscas foram iniciadas na quarta-feira, quando foi dado o alerta para o desaparecimento, mas tiveram de ser suspensas ao final do dia

- PUB -

 

O perímetro das buscas para encontrar o pescador, de 82 anos, que alegadamente desapareceu de uma embarcação ao largo de Sines foi alargado hoje até Porto Covo, revelou fonte da Polícia Marítima.

“As condições do mar permitem definir a área de busca entre a praia da Costa do Norte e Porto Covo”, em Sines, “até uma distância de cerca de quatro a cinco milhas de terra”, explicou à agência Lusa o comandante local da Polícia Marítima, Rui Filipe.

- PUB -

As buscas foram iniciadas na quarta-feira, quando foi dado o alerta para o desaparecimento, mas tiveram de ser suspensas ao final do dia.

A operação foi retomada hoje de manhã, quando foram “reunidas as condições de visibilidade”, explicou o comandante da Polícia Marítima de Sines, que está a coordenar as buscas.

Por mar, estão empenhadas uma embarcação e uma mota de água da Estação Salva-vidas de Sines e uma embarcação do Comando local da Polícia Marítima de Sines, com o reforço de um helicóptero da Força Aérea.

- PUB -

Já por terra, foram mobilizadas uma viatura da Polícia Marítima e uma viatura dos Bombeiros Voluntários de Sines.

De acordo com o comandante da Polícia Marítima e capitão do Porto de Sines, na quarta-feira, “a embarcação foi encontrada sem ninguém a bordo, ainda com o motor a trabalhar”.

As autoridades confirmaram junto de familiares que o pescador “terá saído para o mar cerca das 07h30” desse dia.

O alerta para o seu desaparecimento foi dado por pescadores, às 14h15, e as buscas foram de imediato encetadas, divulgo a Autoridade Marítima Nacional, na quarta-feira.

O homem terá desaparecido enquanto praticava a actividade de pesca a bordo da embarcação, a cerca de nove quilómetros do cabo de Sines.

Segundo Rui Filipe, o homem, residente em Sines, foi “pescador profissional” e dedicava-se agora “à pesca lúdica”, sendo considerado “experiente” nesta arte.

No entanto, “as probabilidades de encontrar o pescador com vida são diminutas”, considerou.

A embarcação de pesca “foi recolhida” pela Polícia Marítima de Sines e “encontra-se atracada no cais de pesca” do Porto de Sines.

O Gabinete de Psicologia da Polícia Marítima encontra-se a prestar apoio aos familiares da vítima.

HYN / Lusa

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -