13 Agosto 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSinesAtribuído título para cabo submarino EllaLink ligar Sines a Marrocos

Atribuído título para cabo submarino EllaLink ligar Sines a Marrocos

Ramal de cabo submarino internacional, com cerca de 420 quilómetros, permitirá a ligação a Casablanca

 

- PUB -

A Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) atribuiu o Título de Utilização Privativa do Espaço Marítimo (TUPEM) para o promotor do cabo submarino EllaLink avançar com a ligação entre Sines e Marrocos.

Em comunicado, a DGRM explica que o título, atribuído ao abrigo do decreto-lei 38/2015, permite ao promotor do cabo EllaLink “iniciar a instalação de uma ligação a Marrocos”, a partir da infra-estrutura principal que faz a ligação entre Sines e o Brasil.

Com um regime de concessão de 25 anos, o TUPEM contempla, no mar português, “uma área de implantação do cabo óptico submarino de 2.338 metros quadrados e uma área de protecção de 116.238 metros quadrados”, lê-se no comunicado.

- PUB -

De acordo com a DGRM, o projecto consiste na instalação de um ramal de cabo submarino internacional que permitirá a ligação a Casablanca (Marrocos).

Este ramal vai ter “um comprimento de cerca de 420 quilómetros, através de um cabo de dois pares de fibras que permite uma largura de banda de 50 Terabits por segundo”, acrescentou.

Os trabalhos para a instalação do novo cabo submarino de fibra óptica “estão em fase avançada de preparação”, revela a DGRM, que aponta o “mês de Janeiro” para o arranque da obra, com a entrada em funcionamento “na primeira metade de 2022”.

- PUB -

“Com mais este passo, o promotor dá cumprimento ao seu planeamento do importante projecto de ligação de dados de baixa latência EllaLink, que já está a operar entre Sines e Fortaleza (Brasil) e com uma ramificação à Ilha da Madeira”, adianta.

Com isto, Portugal, alarga “a rede de interconexões a diferentes geografias” como é o caso do “norte de África”, sublinha aquele organismo.

Para a DGRM, a “importância da ligação de Portugal, através de uma crescente rede de cabos de dados de última geração, é fundamental no posicionamento nacional na economia dos dados, matéria que tem sido prioritária na ação governativa”.

O projecto EllaLink contempla a primeira ligação directa entre a Europa e o Brasil, através de um cabo de ultra banda larga, com seis mil quilómetros de extensão, num investimento de 150 milhões de euros. HYN // RRL

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

Festas do Barrete Verde com sardinhada, bailes e toiros em verdadeira largada brava

Um gostam, outros nem por isso, mas o certo é que a vila de Alcochete enche nas Festas do Barrete Verde
- PUB -