21 Setembro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Rolador de Palmela reforça Amarela em Setúbal

Rolador de Palmela reforça Amarela em Setúbal

Rafael Reis partiu de Amarelo depois de vencer o prólogo em Lisboa e foi relâmpago ontem na descida da Serra da Arrábida

 

- PUB -

Primeiro de punho erguido e depois de braços cruzados, Rafael Reis, da Efapel, cortou ontem a meta em Setúbal, isolado, depois de ter fugido do resto do grupo na Serra da Arrábida. Percurso onde o rolador de Palmela treina, pelo que conhece bem.

Depois de ter vencido o prólogo em Lisboa da 82.ª Volta a Portugal, na quarta-feira, Rafael Reis, de 29 nos, partiu de Amarelo e, depois de 175,8 quilómetros entre Torres Vedras e Setúbal, reforçou a Camisola ao terminar a descida da Arrábida a cerca de 20 segundo do pelotão; tempo que foi encurtado já perto da meta.

Depois de 4 horas e 12.23 de prova, Rafael Reis, que na descida da Serra chegou a ultrapassar uma das motas da GNR, ficou com o pelotão liderado por holandês Alex Molenaar (Burgos-BH), a dois segundos.

- PUB -

Pelotão que não desferiu nenhum ataque ao ciclista de Palmela, e cortou a meta na Avenida Luísa Todi com Sergio Samitier (Movistar) e Luís Gomes (Kelly- -Simoldes-UDO), atrás do homem da Burgos-BH.

A 1.ª etapa da Volta a Portugal Santander começou por ser marcada pela fuga de Carlos Miguel Salgueiro (LA Alumínios-LA Sport), Garikoitz Bravo (Euskaltel-Euskadi) e Willem Smit (Burgos-BH), que só foram ultrapassados na subida da Arrábida.

No início da etapa, em terreno a subir, era Carlos Oyarzun (Louletano) a atacar com Hugo Nunes (Rádio Popular-Boavista) na roda e a conseguir ser mais rápido para liderar a montanha.

- PUB -

A etapa ainda contou com os destaques de Luís Fernandes (Rádio Popular-Boavista), Jóni Brandão (W52-FC Porto), e Frederico Figueiredo (Efapel), que absorveram os três fugitivos na descida de 13 quilómetros da Serra da Arrábida. Rafael Reis é que já estava incontrolável.

Antes de chegar a Setúbal, o pelotão foi ‘recebido’ pelo Castelo de Palmela que iluminou a fachada norte de amarelo para assinalar a passagem da Volta pelo concelho.

As luzes acenderam-se dia 4, prepararam a Meta Volante na Estrada dos Restauradores, e ainda não se sabia que Rafael Reis ia bater tudo e todos na chegada a Setúbal.

Hoje cumpre-se a segunda etapa da prova, que vai ligar Ponte de Sor a Castelo Branco, numa distância total de 162,1 quilómetros.

Esta edição da Volta vai estar na estrada até 15 de Agosto, conta com a participação de 19 equipas e um pelotão de 130 ciclistas, que vão percorrer 1 568 quilómetros, em 10 etapas.

Com Lusa

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Presidente da Fertagus diz que comboio até à Gare do Oriente depende do Estado

Ana Cristina Dourado afirma que a empresa tem objectivo de prolongar o serviço que termina na zona Roma-Areeiro

Homem desfigura prostituta à pancada em Grândola e foge do tribunal depois de apanhado a roubar carro

Dependente de cocaína, João Pratas responde agora por tentativa de homicídio com julgamento a decorrer no Tribunal de Setúbal   Sem dinheiro para satisfazer o vício...

Burger King abre 12.° restaurante no Distrito de Setúbal

A marca Burger King aumentou para 12 o número de restaurantes que detém no Distrito de Setúbal, com a abertura de mais uma unidade...
- PUB -