1 Agosto 2021, Domingo
- PUB -
Início Local Alcochete Fernando Pinto defende “um concelho mais verde” e revitalização dos recursos naturais

Fernando Pinto defende “um concelho mais verde” e revitalização dos recursos naturais

Socialista recandidata-se a Alcochete nas próximas autárquicas. Objectivo para “os próximos mandatos” centrado no reaproveitamento da frente ribeirinha

 

- PUB -

O presidente da Câmara Municipal de Alcochete, Fernando Pinto (PS), vai recandidatar-se à presidência da autarquia nas próximas eleições autárquicas, apostando “num concelho mais verde” e na revitalização dos recursos naturais, através do aproveitamento da frente ribeirinha.

Em declarações à agência Lusa, o também bancário adiantou que é tempo de mudar a história do concelho e “desenhar” o futuro, contando com as três freguesias: Alcochete, São Francisco e Samouco.

“O nosso próximo mandato […], os nossos próximos mandatos, até porque as ideias não se esgotam apenas e só em quatro anos – já tinha dito isso em 2017 –, é na realidade aproveitar mais a frente ribeirinha, que não são apenas e só 400 metros, mas que são oito quilómetros, que vai desde o Sítio das Hortas até à freguesia do Samouco”, indicou.

- PUB -

De acordo com o socialista, foi definida uma estratégia para tornar Alcochete num “concelho mais verde, mais amigo do ambiente e mais ecológico”. “Já estamos a dar os primeiros passos – em final de mandato -, nomeadamente na revitalização dos recursos naturais existentes, nessa designada frente ribeirinha. Pretendemos, de alguma forma, criar aqui condições de visitação de uma frente ribeirinha de oito quilómetros”, salientou.

Além de dar continuidade àquilo que o seu executivo tem realizado desde 2017, Fernando Pinto explicou que já elencou a construção de um complexo desportivo em São Francisco e que está prevista a construção de um centro escolar integrado, que vai desde o pré-escolar ao 9.º ano.

“Temos previsto avançar para a construção de um centro escolar integrado, […] com uma visão macro, alargada, não apenas e só com efeitos eleitoralistas, como habitualmente os políticos costumam fazer. A ideia é criar algo que, pelo menos, tenha assentado nos próximos dez anos, que não seja uma obra que se esgota exactamente no momento em que é inaugurada, como aconteceu com tantas outras em anos passados”, disse.

- PUB -

Fernando Pinto acrescentou que conta unir as três freguesias através de uma ciclovia e avançar para uma “cooperação extraordinária” no Centro de Recolha de Animais de Alcochete.

Natural de Alcochete, Fernando Pinto, de 53 anos, é bancário de profissão e o actual presidente da Câmara Municipal de Alcochete, tendo estado ligado a várias organizações associativas, como os Bombeiros Voluntários de Alcochete, a Associação do Aposento do Barrete Verde do Alcochete e o Agrupamento de Escuteiros de Alcochete.

A Câmara Municipal de Alcochete tem actualmente três eleitos do PS, dois da CDU e dois da coligação CDS-PP/PPD/PSD. As próximas eleições autárquicas vão realizar-se no próximo dia 26 de Setembro.

Com Lusa

CDS-PP Vasco Pinto também anuncia candidatura à autarquia nas próximas eleições

Vasco Pinto, actualmente vereador com funções executivas na Câmara de Alcochete, entre as quais os pelouros da Cultura, Identidade Local e Turismo, também anunciou a sua candidatura à autarquia pelo CDS-PP nas próximas eleições autárquicas.

Através de vídeo, publicado na rede social Facebook do partido centrista de Alcochete, Vasco Pinto revela que “o caminho só poderá ser feito na convergência do diálogo e da partilha de responsabilidade”.

“Essa é a chave de um futuro mais próspero, ambicioso e justo. Um futuro em que todos tenham uma palavra a dizer. Estou convencido de que o caminho percorrido, e colocando sempre o superior interesse [do concelho] em primeiro lugar, ainda não terminou”, revelou.

Após cumprir dois mandatos como vereador, “e tendo o privilégio de trabalhar diariamente em prol da [sua] terra no último deles”, diz considerar ter ainda “muito para dar ao concelho” que o “viu nascer e crescer”.

- PUB -

Mais populares

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

“Quero fazer esta época o jogo de despedida para depois assumir o cargo de treinador”

“Não me ofereço aos clubes e não peço favores a ninguém, se tiver que treinar será onde me queiram e onde acreditem em mim”, refere Paulo Catarino

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -